21 janeiro 2013

Lembrem-se de Jerusalém

"Vós, que escapastes da espada, ide-vos, não pareis; de longe lembrai-vos do SENHOR, e suba Jerusalém a vossa mente." Jeremias 51:50



A irmã Eliane da nossa igreja havia me dado este texto para escrever aqui e eu acabei me esquecendo. Mas hoje espero que o Senhor fale com você!

Neste texto vemos o profeta advertir os cativos na Babilônia a se lembrarem de Jerusalém:

• Porque o templo do seu Deus estava lá;
• Para evitar que eles se estabelecessem na Babilônia;
• Para fazê-los ansiar pela cidade santa; e
• Para os conservar preparados para voltar a ela.

Somos inclinados a esquecer nossa cidadania espiritual. Existem dois aspectos de representação desta "cidade", o primeiro é a Nova Jerusalém a qual habitaremos com Cristo e que já foi comentada neste post. O segundo aspecto mostra que há uma Jerusalém aqui embaixo que deve entrar em nossa mente. A igreja do Deus vivo é a nossa cidade na terra, a cidade do grande Rei e nós devemos tê-la em mente: 

• Para nos unirmos com seus cidadão (nossos irmãos) nós nos uniríamos a eles em profissão de fé aberta em Cristo, em amor cristão e auxílio mútuo, em serviço santo, culto e comunhão.
• Para orara por sua prosperidade, em oração deixar a causa de Deus estar em nossa mente, deixar nossa janela aberta em direção a Jerusalém, como Daniel.
• Para trabalhar pelo seu progresso no uso de nosso tempo, talentos, exercício de nossa influência etc.
• Para lamentar seus declínios e transgressões. Nosso Senhor chorou sobre Jerusalém.

Ah, que todos os cristãos tivessem interesse bem mais profundo na igreja de Deus! Seria bom se em todas as nossas alegria e tristezas a causa de Deus estivesse entretecida como um fio de linha de ouro. Não é bom patriota aquele que se esquece de seu país, e não é cristão quem não leva a igreja no seu coração. Quando cativo, o povo de Israel estava sempre proclamando sua saudade do lar, cantando as músicas que se cantavam em sua terra, se lembrando dos seus muros, se preocupando com sua reconstrução, assim devemos ser também!

Hoje não estamos mais cativos, Cristo já nos tirou do cativeiro (mundo). Um dia poderemos contemplar a Nova Jerusalém que Deus já preparou para nós, mas enquanto estamos aqui, não nos esqueçamos da igreja, que representa a Jerusalém dos judeus, pois nela nos reunimos para adorar em comunhão com nossos irmãos e por ela suspiremos como o povo de Israel amava a sua cidade. 

Enquanto não podemos ver a Nova Jerusalém, que possamos amar e defender a igreja de Cristo aqui na terra!

Deus te abençoe!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...