27 abril 2012

Devocional - Marcos 8.14-21


Bom dia amados irmãos

Ultimamente não tenho postado o devocional aqui, pois eu e o maridão estamos indo dormir sempre muito tarde e estamos tão cansados que não estamos conseguindo mais acordar cedo para ler a bíblia juntos. Mas logo que nossa casa ficar pronta, voltamos a fazer o devocional. Mesmo assim, sempre estamos meditando na palavra juntos e isso é muito valioso!

Gostaria de compartilhar com os irmãos a mensagem que ele pregou na última quarta feira em nossa igreja. Foi uma benção para minha vida.

Está no evangelho de Marcos 8.14-21:

"E eles se esqueceram de levar pão e, no barco, não tinham consigo senão um pão.E ordenou-lhes, dizendo: Olhai, guardai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes. E arrazoavam entre si, dizendo: É porque não temos pão. E Jesus, conhecendo isto, disse-lhes: Para que arrazoais, que não tendes pão? não considerastes, nem compreendestes ainda? tendes ainda o vosso coração endurecido? Tendo olhos, não vedes? e tendo ouvidos, não ouvis? e não vos lembrais,Quando parti os cinco pães entre os cinco mil, quantas alcofas cheias de pedaços levantastes? Disseram-lhe: Doze. E, quando parti os sete entre os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços levantastes? E disseram-lhe: Sete. E ele lhes disse: Como não entendeis ainda?"

O tema da mensagem é: 12x7.

Doze meses no ano e sete semanas no mês. Todas as pessoas querem viver milagres e bençãos do Senhor todos dos dias da semana e 12 meses no ano. Mas isso é possível? Como fazer para viver isso hoje?

Os discípulos haviam assistido o milagre da multiplicação dos pães e peixes naquele mesmo dia e quando se deram conta de que havia apenas um pão para eles e Jesus comerem ficaram preocupados.
Mesmo depois de verem o que Jesus foi capaz de fazer àquela multidão, não conseguiram crer que Ele também poderia alimentar apenas 12 homens!


Sabe por que não vivemos milagres todos os dia? Porque nos esquecemos sempre do que o Senhor fez por nós.
Na realidade nós vivemos bençãos infinitas dos céus todos os dias! As misericórdias o Senhor toda manhã, os livramentos, as provisões e suprimentos das nossas necessidades diárias. Todos os dias vivemos algo maravilhoso que o Senhor nos dá, mas não sabemos agradecer, não sabemos crer e estamos constantemente esquecendo do que Ele faz por nós!

A palavra diz que Jesus os advertiu para não se contaminarem com o fermento dos fariseus, e os discípulos entenderam que Ele estivesse cobrando a respeito do pão que haviam esquecido. Os discípulos estavam tão cegos por conta da sua preocupação que só conseguiam enxergar o material, enquanto Jesus fala do espiritual. As nossas preocupações nos deixam cegos, a ponto de não entendermos o que Deus quer nos ensinar. Os milagres em nossas vidas não são apenas para suprir nossas necessidades físicas e materiais, mas também para nos ensinar quem Deus é e o Seu poder imenso que opera em nós.

E por últimos, não podemos nos contaminar com o fermento dos fariseus.
Nos versículos anteriores, vemos os fariseus tentando Jesus, pedindo um sinal para que soubessem que Ele era o Filho de Deus. Jesus não os deu sinal algum.
Quando desconfiamos de Deus, não conseguimos confiar e descansar no Seu poder, estamos agindo como os fariseus, pedindo sinal, não acreditando que Jesus seja poderoso realmente. Não se contamine com esse fermento! Confie no Senhor, não se esqueça de tudo que Ele já fez em sua vida, de todas as bençãos que te cercam todos os dias!


Tenha um ótimo dia!

20 abril 2012

Imagens para postar em seu Facebook







Devocional II Pedro 1.3-8


A paz do Senhor a todos os amados irmãos.

Vejam que interessante o devocional de hoje:

"Seu divino poder nos deu todas as coisas de que necessitamos para a vida e para a piedade, por meio do pleno conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude. Por intermédio destas ele nos deu as suas grandiosas e preciosas promessas, para que por elas vocês se tornassem participantes da natureza divina e fugissem da corrupção que há no mundo, causada pela cobiça.
Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento o domínio próprio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade; à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor. Porque, se essas qualidades existirem e estiverem crescendo em suas vidas, elas impedirão que vocês, no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, sejam inoperantes e improdutivos." 2 Pedro 1:3-8

Deus nos concede tudo o que precisamos para viver de acordo com a Sua palavra.
A primeira coisa que precisamos saber é que Deus supre as nossas necessidades. Ele nos dá aquilo que precisamos para ser produtivos, fiéis e principalmente, ser salvos.
Não tem desculpa para nós quando não cumprimos com a Sua vontade, quando não buscamos conhecê-Lo, pois Ele já fez tudo que era necessário. E faz todos os dias, nos dando força, alimentos e sustento, tando físico como espiritual.

Outra coisa importante que precisamos saber é que Deus supre essas nossas necessidades através do pleno conhecimento que temos a Seu respeito. 
Eu estava lendo um trecho do livro "Esposa Excelente" de Martha Peace (Editora Fiel), e achei muito interessante o que ela fala a respeito de ser a mulher sábia que tanto ouvimos falar em Provérbios 31. Algumas vezes pensamos que é impossível ser como aquela mulher descrita nesse capítulo de provérbios, mas a palavra de Deus diz que "Ele nos dá todas as coisas de que necessitamos para a vida e para a piedade."
Nós não temos desculpas para não procurar (pelo menos procurar) ser a esposa excelente, o marido excelente, o obreiro aprovado, o servo útil e assim por diante.
Eu sei que não é fácil, mas podemos alcançar o melhor de nós se buscarmos o pleno conhecimento de Deus. Assim poderemos nos tornar participantes da Sua natureza divina e fugir da corrupção que há no mundo.
Ontem eu pude participar de uma reunião com as mulheres da minha igreja e falávamos da palavra de Deus, meditando no texto de I Coríntios 3.16, que diz que somos templo do Espírito Santo. Se o Espírito habita em nós, devemos ser transformados todos os dias, fugir da corrupção do mundo. Ser de Cristo é andar o contrário do mundo. O mundo diz que a mulher não tem que se submeter ao marido, diz que precisamos pensar em nós mesmos e não nos outros, diz que  você não tem que mudar por ninguém. E a bíblia diz o contrário de tudo isso. 
Através do pleno conhecimento de Deus conseguimos fugir da corrupção do mundo. 

"Porque, se essas qualidades existirem e estiverem crescendo em suas vidas, elas impedirão que vocês, no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, sejam inoperantes e improdutivos."

O resultado é ser útil para Deus e produtivos em toda boa obra!

Você pode estar achando difícil a caminhada, mas o Senhor nos dá todas as coisas de que precisamos viver a Sua palavra e andar em seus caminhos. 
Peça força ao Espírito Santo e prossiga em ter o pleno conhecimento de Deus e isso impedirá que você seja inútil e improdutivo.

19 abril 2012

Imagens para Compartilhar no Facebook








A importância do seu bom testemunho nas Redes Sociais

Hoje em dia as Redes Sociais tem se tornado um hábito, inclusive para os evangélicos. Mas, em muitas vezes, as pessoas deixam seu posto de servo de Deus e esquecem de dar um bom testemunho fora da igreja, e falando de internet, muitos falam o que não devem, se expõem demasiadamente, colocam fotos degradantes e muitas vezes, sem propósito algum.

A bíblia nos dá uma instrução clara e eficaz: "Quer comais, quer bebais, quer façais qualquer outra coisa...Façam para a Glória de Deus" 1 Coríntios 10.31

Devemos usar a internet como um meio para Glorificar a Deus. Temos que ter em nossas mentes que estamos neste mundo com um propósito, Ele nos deu este tempo para buscarmos e adorarmos a Ele. E além disso tudo, quando falamos de Cristo nas redes sociais nós temos a chance de pregar para nossos amigos, familiares, colegas de trabalho etc de uma forma muito mais informal e intimista, mostrando que Deus não é um Deus distante, que o evangelho não é uma máscara que tiramos ao sair da igreja, mas sim uma vida inteira diante de Deus, com o que se pode aproveitar de melhor, que é adorar a Deus.

Por isso, a partir de hoje, pense antes de colocar qualquer coisa em suas Redes Sociais, pense se isso vai glorificar a Deus. Nós do Ministério Bíblico Kairós temos experimentado isso juntos. Temos feito várias imagens para compartilhar no Facebook com mensagens da Bíblia e de canções evangélicas, com esse propósito e tem funcionado muito bem. Muitas pessoas tem comentado sobre isso, a palavra de Deus é tão poderosa que pode penetrar os corações até mesmo através de um simples versículo na internet.

Por isso acompanhe o nosso blog, pois vamos passar a postar aqui também estas imagens para que você também possa compartilhar com o seu próximo o maravilhoso amor de Deus!

18 abril 2012

Devocional - I João 4.18


A paz do Senhor irmãos queridos!

Ontem eu e meu marido estávamos conversando a respeito de fé e medo.
O medo é o contrário da fé. Todos nós temos medo de alguma coisa, mas isso apenas mostra onde nossa fé está mais fraca.
Todos os dias recebo por email um devocional, e o texto de hoje fala exatamente sobre o medo, vejam que forte:

“No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor”. 1 João 4:18
PENSAMENTO:
Você lembra o que Jesus disse aos seus discípulos quando andou sobre a água durante a tempestade? Ele disse literalmente, “Não temas, Eu Sou”. Na presença do Santo Filho de Deus, não devemos ter medo. A graça de Deus em Jesus tira nossa necessidade de temer porque o sacrifício de Jesus nos torna santos, sem falta, e livres de qualquer acusação contra nós (Colossenses 1:21-22). Nossa resposta? Amor! Nós amamos nosso Pai por quem ele é, pelo que ele tem feito, pelo seu grande sacrifício por nós e, acima de tudo, por nos santificar e tirar nosso medo.

Maravilhoso! Não precisamos temer nada, o amor de Cristo tira todo o nosso medo.
Medo da condenação, medo do futuro, medo de não dar certo, medo de ser abandonado, medo de errar, medo das pessoas... o amor lança fora todo medo!
Se temos sentido algum medo é porque o amor de Cristo ainda não está aperfeiçoado em nós!

Medite nisso e tenha um ótimo dia!

17 abril 2012


Precisamos Novamente de Homens de Deus

A.W. Tozer



A igreja, neste momento, precisa de homens, o tipo certo de homens, homens ousados. Afirma-se que necessitamos de avivamento e de um novo movimento do Espírito; Deus, sabe que precisamos de ambas as coisas. Entretanto, Ele não haverá de avivar ratinhos. Não encherá coelhos com seu Espírito Santo.

A igreja suspira por homens que se consideram sacrificáveis na batalha da alma, homens que não podem ser amedrontados pelas ameaças de morte, porque já morreram para as seduções deste mundo. Tais homens estarão livres das compulsões que controlam os homens mais fracos. Não serão forçados a fazer as coisas pelo constrangimento das circunstâncias; sua única compulsão virá do íntimo e do alto.

Esse tipo de liberdade é necessária, se queremos ter novamente, em nossos púlpitos, pregadores cheios de poder, ao invés de mascotes. Esses homens livres servirão a Deus e à humanidade através de motivações elevadas demais, para serem compreendidas pelo grande número de religiosos que hoje entram e saem do santuário. Esse homens jamais tomarão decisões motivados pelo medo, não seguirão nenhum caminho impulsionados pelo desejo de agradar, não ministrarão por causa de condições financeiras, jamais realizarão qualquer ato religioso por simples costume; nem permitirão a si mesmos serem influenciados pelo amor à publicidade ou pelo desejo por boa reputação.

Muito do que a igreja faz em nossos dias, ela o faz porque tem medo de não fazê-lo. Associações de pastores atiram-se em projetos motivados apenas pelo temor de não se envolverem em tais projetos.

Sempre que o seu reconhecimento motivado pelo medo (do tipo que observa o que os outros dizem e fazem) os conduz a crer no que o mundo espera que eles façam, eles o farão na próxima segunda-feira pela manhã, com toda a espécie de zelo ostentoso e demonstração de piedade. A influência constrangedora da opinião pública é quem chama esses profetas, não a voz de Jeová.

A verdadeira igreja jamais sondou as expectativas públicas, antes de se atirar em suas iniciativas. Seus líderes ouviram da parte de Deus e avançaram totalmente independentes do apoio popular ou da falta deste apoio. Eles sabiam que era vontade de Deus e o fizeram, e o povo os seguiu (às vezes em triunfo, porém mais freqüentemente com insultos e perseguição pública); e a recompensa de tais líderes foi a satisfação de estarem certos em um mundo errado.

Outra característica do verdadeiro homem de Deus tem sido o amor. O homem livre, que aprendeu a ouvir a voz de Deus e ousou obedecê-la, sentiu o mesmo fardo moral que partiu os corações dos profetas do Antigo Testamento, esmagou a alma de nosso Senhor Jesus Cristo e arrancou abundantes lágrimas dos apóstolos.

O homem livre jamais foi um tirano religioso, nem procurou exercer senhorio sobre a herança pertencente a Deus. O medo e a falta de segurança pessoal têm levado os homens a esmagarem os seus semelhantes debaixo de seus pés. Esse tipo de homem tinha algum interesse a proteger, alguma posição a assegurar; portanto, exigiu submissão de seus seguidores como garantia de sua própria segurança. Mas o homem livre, jamais; ele nada tem a proteger, nenhuma ambição a perseguir, nenhum inimigo a temer. Por esse motivo, ele é alguém completamente descuidado a respeito de seu prestígio entre os homens. Se o seguirem, muito bem; caso não o sigam, ele nada perde que seja querido ao seu coração; mas, quer ele seja aceito, quer seja rejeitado, continuará amando seu povo com sincera devoção. E somente a morte pode silenciar sua terna intercessão por eles.

Sim, se o cristianismo evangélico tem de permanecer vivo, precisa novamente de homens, o tipo certo de homens. Deverá repudiar os fracotes que não ousam falar o que precisa ser externado; precisa buscar, em oração e muita humildade, o surgimento de homens feitos da mesma qualidade dos profetas e dos antigos mártires. Deus ouvirá os clamores de seu povo, assim como Ele ouviu os clamores de Israel no Egito. Haverá de enviar libertação, ao enviar libertadores. É assim que Ele age entre os homens.

E, quando vierem os libertadores... serão homens de Deus, homens de coragem. Terão Deus ao seu lado, porque serão cuidadosos em permanecer ao lado dEle; serão cooperadores com Cristo e instrumentos nas mãos do Espírito Santo...

16 abril 2012

Devocional - I Pedro 1.6-7


Boa tarde irmãos!

Vamos meditar na palavra de Deus juntos?


"Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo."
1 Pedro. 1:6-7

É interessante o que o apóstolo Pedro diz a respeito da nossa fé. Ele a considera mais preciosa do que o ouro que é provado pelo fogo. O ouro tem que ser ornado através do fogo para ser ainda mais valorizado. A nossa fé é ainda mais preciosa do que as riquezas, quando provada por várias tentações.
Mas essa fé somente se tornar preciosa quando, em meio as tentações, é achada em louvor, honra e glória.
A palavra de Deus diz que não vem sobre nós tentação senão humana. Os problemas que passamos são os mesmos que as pessoas no mundo inteiro passam, e todos conseguem enfrentá-las, uma hora acaba. Mas o que faz da nossa fé preciosa é poder passar pelas tentações e provações com louvor, honra e glória!
O nosso problema é que só conseguimos enxergar Deus quando tudo já está tranquilo e calmo, mas na hora do aperto, muitas vezes deixamos nossa fé desfalecer.
O apóstolo diz: "Vos alegrais ainda que agora importa por necessário que estejais um pouco contristados com várias tentações"

Mesmo que esteja passando por tentações, alegre-se; pois, se através da confiança em Deus, permanecer firme, alcançará um maior tesouro, uma fé provada pelo fogo para a glória do nosso Senhor!

12 abril 2012

Devocional - Tito 1.16




Boa tarde a todos!

O devocional de hoje é muito interessante:

"Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra." Tito 1:16

Estou lendo um livro do Heber Carlos de Campos que, em um capítulo fala a respeito do ateísmo.
Na verdade existem dois tipos de ateus, os teóricos e práticos.
Os teóricos são aqueles que conhecemos, e logo que ouvimos a palavra "ateu" nos vem na mente pessoas como eles, que são os que não creem na existência de Deus declaradamente, e tentam provar categoricamente que Ele não existe, pessoas influenciadas pela ciência e desiludidas com a religião de uma modo geral.

Os ateus práticos são aqueles que com a boca declaram que creem em Deus e não negam a sua existência, mas vivem como se Ele não existisse, como se fossem deuses de si mesmos. Pessoas que não querem prestar contas a ninguém, querem fazer as suas próprias regras, suas próprias leis e fazer o têm vontade.
O ateísmo é a ideia contrária de que o homem tem que reverenciar a Deus, se submeter a Sua vontade.
E quantas pessoas nós conhecemos assim? Pessoas que talvez até já frequentaram a igreja e dizem que Deus existe e é bom, mas vivem como se Deus não existisse.
Se alguém falar de Cristo à essas pessoas elas irão concordar, achar bonito e respeitar, mas no seu coração dizem: Não há Deus. (Salmo 14.1)
É interessante o que diz esse salmo 14, pois "o néscio diz em SEU CORAÇÃO: Não há Deus"
Não diz com seus lábios, diz em seu coração. Mesmo que declare com a boca que crê em Deus, no seu coração, no oculto diz que Deus não existe!
Por isso pode ser chamado de ateísmo oculto.
Mas as suas obras revelam o que seu coração sente, mesmo que sua boca declare o contrário.

"Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras"

Essas pessoas precisam conhecer a Deus verdadeiramente, e quando o Espírito Santo tocar em seu coração reconhecerão: O Senhor é Deus!

10 abril 2012

Devocional - I João 4.12


Boa tarde irmãos!

Olha que interessante o versículo de hoje:

"Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor." 1 João 4:12

O apóstolo João é conhecido como o apóstolo do amor. Ele diz que ninguém viu a Deus. Ninguém o conhece ou sabe como Ele é, a não ser através da Sua auto revelação, que é a Sua palavra. Nós conhecemos a Deus assim, através da palavra, mas mesmo nós, nunca vimos a Sua face.
Nosso maior objetivo é conhecer a Deus e fazer com que o mundo O conheça.
E como faremos isso?
Amando uns aos outros!
Se não amamos uns aos outros, Deus está em nós!
O nosso amor mostra o amor de Deus. Se nos amamos, em nós é perfeito o amor de Deus.
A bíblia ensina que não existe amor maior do que o amor de Deus por nós.
Mas o apóstolo João declara que se nos amamos, o amor de Deus é perfeito em nós!

Amar é uma tarefa difícil. É mais do que palavras. É mais do que gostar. O amor é forte, tudo espera, tudo crê, tudo suporta, tudo sofre!

Se queremos que o mundo conheça a Deus, amemos uns aos outros e Deus estará em nós!

09 abril 2012

Devocional - Salmo 4.1-8

Boa tarde meus amados irmãos.

O devocional de hoje está em Salmos 4:

"Ouve-me quando eu clamo, ó Deus da minha justiça, na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração. Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira? Sabei, pois, que o SENHOR separou para si aquele que é piedoso; o SENHOR ouvirá quando eu clamar a ele. Perturbai-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama, e calai-vos. Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no SENHOR. Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? SENHOR, exalta sobre nós a luz do teu rosto. Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho. Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança." Salmos 4:1-8

Davi escreveu este salmo quando fugia de Absalão, seu filho. No entanto, ele mostrou muita segurança no Senhor. Mesmo na sua angústia ele pôde agradecer ao Senhor, reconhecer a Sua misericórdia.

"Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho."
Ele estava vivendo em tempos extremamente difíceis, e mesmo assim o seu coração
estava alegre e confiante no Senhor, mais do que nos tempos de bençãos.

"Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança."
Geralmente, quando estamos passando por aflições, não conseguimos nem pregar os olhos durante a noite, por causa da preocupação que ocupa nossa mente. Mas Davi confiava tano no Senhor que deitava na cama e logo dormia, mesmo com os inimigos que o cercavam, mesmo com as angustias em seu coração, nada tirava de Davi a sua segurança no Senhor.

O nosso Deus é tão tremendo e poderoso e merece nossa total confiança.
Se ainda não conseguimos confiar dessa maneira, é isso que devemos buscar.
Peça isso ao Senhor em suas orações, principalmente quando estiver passando por momentos difíceis, entenda que o Senhor permite que eles venham para fortalecer nossa fé e confiança Nele.

Tenha um ótimo dia!

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...