29 março 2012

Devocional - I Coríntios 15.55-58


Boa tarde irmãos!
O devocional de hoje está em I Coríntios 15.55-58

"Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor." 1 Coríntios 15:55-58

O que nos leva a morte é o pecado. Apenas por sermos pecadores já estávamos condenados à morte, pois o salário do pecado é a morte.

A força do pecado é a lei. A lei nos mostra que somos mais pecadores do que imaginávamos. Já nos considerávamos pecadores simplesmente porque fumamos, bebemos, nos drogamos, matamos, nos prostituímos... mas quando conhecemos a lei, entendemos que estamos em pecado só de chamar alguém de "tolo", como disse Jesus. ("Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: ‘Não matarás’, e ‘quem matar estará sujeito a julgamento’. Mas eu lhes digo que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. Também, qualquer que disser a seu irmão: ‘Racá’, será levado ao tribunal. E qualquer que disser: ‘Louco! ’, corre o risco de ir para o fogo do inferno." Mt 5:21-22) 

Mas Jesus venceu a morte, e assim, lavou-nos de todo pecado. ("sabemos que ninguém é justificado pela prática da lei, mas mediante a fé em Jesus Cristo. Assim, nós também cremos em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pela prática da lei, porque pela prática da lei ninguém será justificado." Gl 2:16)

Deus nos deu vitória mediante a morte de Cristo, e isso nos faz livres para ser "sempre abundantes na obra do Senhor", pois "sabemos que o nosso trabalho não é vão no Senhor". Se nós fôssemos fazer a obra do Senhor tentando cumprir a lei, sem a justiça de Cristo sobre nós; não teríamos certeza nenhum do nosso trabalho. Mas por causa da graça de Deus temos a certeza que o nosso trabalho não é vão!

Tudo o que fazemos para servir ao Senhor é válido, porque está baseado no que Cristo já fez. Ele cumpriu toda a lei e a sua santidade e justiça foram imputadas a nós. 

Glórias a Deus por isso!

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor."

28 março 2012

Devocional - Apocalipse 13.2-4


"E a besta que vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-lhe o seu poder, e o seu trono, e grande poderio. E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta. E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?" Apocalipse 13:2-4

Ir atras de curas e milagres é um grande erro, primeiro porque isso não é buscar a Deus, não é louvor, isso é apenas interesse, buscar a Deus pelo que Ele pode fazer e não pelo que Ele realmente é. Segundo que, como podemos ver nos versículos acima, até a besta do apocalipse operou milagres!

Receber milagres não é sinônimo de seguir a Deus. Operar milagres também não é sinal de estar com Cristo.
Hoje meu marido vai pregar no culto a noite. Uma das coisas que nós estávamos meditando sobre a palavra é que a bíblia diz que os sinais seguem os que creem. (Marcos 16.17). Não são os que creem que seguem os sinais...
Uma característica de quem realmente tem fé em Deus, é que as bençãos correm atrás dele, não o contrário. As bençãos os alcançarão!

26 março 2012

Devocional - Juízes 21.25


Boa tarde amados!

Devocional de hoje:

"Naqueles dias não havia rei em Israel; porém cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos." Juízes 21:25

Na época de Juízes  não havia nenhum padrão, nenhum parâmetro. Não havia um rei, um líder e cada um fazia o que achava melhor. Hoje o problema não é a falta de um parâmetro ou um líder, mas os padrões estabelecidos são constantemente questionados. Nos nossos dias cada um faz o que quer porque não se crê que deva  haver uma lei, um mandamento.
Quando estudamos a palavra de Deus e conhecemos a Ele somos influenciados pelo Seu caráter.
Eu tenho meditado muito sobre isso há algum tempo; sobre o que realmente é certo diante de Deus. Os nosso padrões não são mais de acordo com a bíblia, mas de acordo com o mundo ou de acordo com nós mesmos, o que gostamos, o que sentimos vontade ou não de fazer. Ninguém se pergunta mais "O que Deus acha disso".

Conhecer a Deus é importantíssimo para que sejamos guiados por Ele, para fazer não "o que achamos mais certo",  o que é reto aos nossos próprios olhos, mas o que é certo aos olhos de Deus. E estar perto Dele nos fortalece para abrir mão daquilo que Deus não quer para nós.

Medite sempre na palavra de Deus e esteja cada dia procurando a Sua presença, pois  quanto mais perto de Deus você estiver, mais parecido com Ele você vai ser e a vontade Dele também será a sua!

23 março 2012

Devocional - João 15.22


Boa tarde irmãos!

Devocional dessa sexta feira está em João 15.22:

"Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado."

A luz denuncia as trevas. O que é santo denuncia o pecado.
Talvez, antes que Cristo viesse alguém pudesse dizer: "Eu não sou tão ruim. Faço caridade. Não tenho nenhum vício, me dou bem com todo mundo, não sou tão pecador". Mas depois que Cristo veio e mostrou o que é ser santo, não tem como dizer que "não somos tão pecadores assim", afinal de contas, Cristo mostrou que não existe pecadinho ou pecadão, todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. (Rm 3.23)

Jesus mostrou o quanto somos pecadores, porque ele agiu sempre como santo. E o parâmetro é Ele! Você pode até se achar bom, se estiver se comparando com a pessoa do seu lado, mas se você se comprar com Jesus, vai perceber que não tem nada de santo!

Mas esse versículo nos mostra que não existe mais desculpa para o pecador. Tanto para aquele que se acha santo, pois, depois de Cristo nos mostrar o tamanho do nosso pecado, podemos entender que somos salvos apenas por causa do Seu sacrifício e Sua graça. E também não há mais desculpas para quem acha que é pecador demais: "Ah, sou muito errado, não posso ir até Cristo porque tenho muitos erros". Agora não tem desculpa do seu pecado. Mesmo que sejamos pecadores, Cristo levou nosso pecado para a cruz, e nos lavou de todo erro. "Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz." (Colossenses 2:14)

Jesus acabou com o que nos afastava Dele: O Pecado. Isso não é mais desculpa.

22 março 2012

Devocional - I Samuel 29.3


Boa tarde irmãos amados!

Veja que interessante a palavra do Senhor para nós hoje:

"Disseram então os príncipes dos filisteus: Que fazem aqui estes hebreus? E disse Aquis aos príncipes dos filisteus: Não é este Davi, o servo de Saul, rei de Israel, que esteve comigo há alguns dias ou anos? Coisa nenhuma achei nele desde o dia em que se revoltou, até ao dia de hoje." 1 Samuel 29:3

Davi estava fugindo de Saul que procurava tira-lhe a vida, então Davi foi para a terra dos filisteus e permaneceu com ali durante um ano e quatro meses. Nós sabemos que os filisteus eram inimigos de Israel, e nessa época Saul estava para guerrear contar eles, porém Davi estava habitando no meio daquele povo. O mesmo Davi outras vezes lutou contra os filisteus. Mas Deus concedeu misericórdia a Davi de forma que até mesmo o inimigo visse a glória de Deus em sua vida. Quando os príncipes dos filisteus questionaram a presença de Davi no meio deles, Aquis deu testemunho a respeito de Davi dizendo: "coisa nenhuma achei nele."

Quando Deus tem um propósito em nossas vidas, usa até nosso inimigo para nos abençoar e ainda faz com que ele seja testemunha da glória de Deus em nossas vidas. 
Davi precisou de um lugar para fugir de Saul, e Deus providenciou. E quando chegou a hora certa, Deus fez com ele saísse do meio da terra do inimigo, mas não deixou de guardá-lo e fazer a Sua luz brilhar em sua vida.

Deus está guardando você e providenciando tudo o que você precisa e Ele ainda vai fazer a Sua glória brilhar em sua vida, de forma que até seus inimigos verão e glorificarão a Deus por sua causa!
"Hoje em dia, na ciência, a qual é fundamentada na dúvida, virou tabu duvidar da evolução. Mas analisemos alguns fatos:

1. O universo possui uma sintonia tão fina que se você mudar sequer um pouquinho alguma constante cósmica ele colapsaria.

2. A célula não é a uma unidade simples da vida como pensavam, mas uma “cidade” ultra-complexa, ultra-organizada e ultra-sincronizada.

Diante desses fatos será que uma evolução não-guiada e natural é uma explicação razoável? Faz sentido? Ou será que tais evidências apontam para um Designer?"

- Marcos Eberlin #CongressoVidaNova

21 março 2012

Devocional - Mateus 21.15-16


Bom dia na paz do nosso Senhor Jesus!

Vamos meditar juntos na palavra de Deus?

"Vendo, então, os principais dos sacerdotes e os escribas as maravilhas que fazia, e os meninos clamando no templo: Hosana ao Filho de Davi, indignaram-se, E disseram-lhe: Ouves o que estes dizem? E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?" Mateus 21:15-16

Jesus sempre quebrava tabus.
Os mestres da lei, os sacerdotes e fariseus tinham o respeito do povo e todos olhavam para eles como se realmente fossem servos de Deus, adoradores... até Jesus chegar. Cristo mostrou a todos que a adoração não era nada do que os fariseus faziam, pois na verdade eles não passavam de religiosos hipócritas.
Os sacerdotes ficaram irritados quando viram as crianças adorando a Jesus, e Ele não os repreendeu.

Mas o que mais nos chama atenção é a declaração de Jesus, dizendo que da boca dos pequeninos é que vem o perfeito louvor. Você já se perguntou porque Jesus disse isso? Será que Ele disse isso por causa da inocência das crianças? Ou por causa da sua confiança em Deus como pai? Ou por causa da sua simplicidade?
Não. Não é nada disso.
Jesus quis mostrar para os fariseus e sacerdotes que as crianças que não conhecem nada sobre a lei, nem mesmo sobre as coisas básicas da vida, não tem entendimento sobre nada, mas de suas bocas sai o perfeito louvor, pois o louvor verdadeiro é Deus quem coloca em nossos lábios. Nenhum de nós poderia ao menos reconhecer a Deus como Senhor e digno de louvor se dos céus não nos fosse revelado. Não existe adorador se o próprio Deus não colocar em nós o desejo de adorar.
Até o desejo de adorar vem de Deus!
Isso não é mérito nosso.

Da boca dos meninos e criancinhas de peito vem o perfeito louvor, não daqueles que se dizem sábios e entendidos, que colocam regras e métodos de adoração.

20 março 2012

A paz do Senhor a todos os amados irmãos

Recebo constantemente uma mensagem da editora fiel e procuro sempre compartilhar.
Segue a mensagem dessa semana. É muito forte. Espero que você também possa ser edificado:



Quão invencível é a graça de Jeová!

Robert Murray McCheyne

...Quão invencível é a graça de Jeová! Nenhuma criatura tem o poder de atrair o homem a Cristo. Exibições, evidências miraculosas, ameaças, inovações são usadas em vão. Somente Jeová pode trazer a alma a Cristo. Ele derrama seu Espírito com a Palavra, e a alma sente-se alegre e poderosamente inclinada a vir a Jesus. "Apresentar-se-á voluntariamente o teu povo, no dia do teu poder" (Sl 110.3). "Acaso, para o SENHOR há coisa demasiadamente difícil?" (Gn 18.14.) "Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR; este, segundo o seu querer, o inclina" (Pv 21.1).

Considere um exemplo: um judeu estava assentado na coletoria, próxima à porta de Cafarnaum. Sua testa estava enrugada com as marcas da cobiça, e seus olhos invejosos exibiam a astúcia de um publicano. Provavelmente, ele ouvira falar de Jesus; talvez O ouvira pregando nas praias do mar da Galiléia. Mas seu coração mundano ainda permanecia inalterado, visto que ele continuava em seu negócio ímpio, assentado na coletoria. O Salvador passou por ali e, quando olhou para o atarefado Levi, disse-lhe: "Segue-me!" Jesus não disse mais nada. Não usou qualquer argumento, nenhuma ameaça, nenhuma promessa. Mas o Deus de toda graça soprou no coração do publicano, e este se tornou disposto. "Ele se levantou e o seguiu" (Mt 9.9). Agradou a Deus, que opera todas as coisas de acordo com o conselho da sua vontade, dar a Mateus um vislumbre salvador da excelência de Jesus; a graça caiu do céu no coração de Mateus e o transformou. Ele sentiu o aroma da Rosa de Sarom. O que significava o mundo agora para ele? Mateus não se importava mais com os lucros, os prazeres e os louvores do mundo. Em Cristo, ele viu aquilo que é mais agradável e melhor do que todas essas coisas do mundo. Mateus se levantou e seguiu a Jesus.

Aprendamos que uma simples palavra pode ser abençoadora à salvação de almas preciosas. Freqüentemente, somos tentados a pensar que tem de haver algum argumento profundo e lógico, para trazer as pessoas a Cristo. Na maioria das vezes, colocamos nossa confiança em palavras altissonantes. No entanto, a simples exposição de Cristo aplicada ao coração pelo Espírito Santo vivifica, ilumina e salva. "Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos" (Zc 4.6). Se o Espírito age nas pessoas, estas simples palavras: "Segue a Jesus", faladas em amor, podem ser abençoadas e salvar todos os ouvintes. Aprendamos a tributar todo o louvor e glória de nossa salvação à graça soberana, eficaz e gratuita de Jeová.

Um falecido teólogo disse: "Deus ficou tão irado por Herodes não lhe haver dado glória, que o anjo do Senhor feriu imediatamente a Herodes, que teve uma morte horrível. Ele foi comido por vermes e expirou. Ora, se é pecaminoso um homem tomar para si mesmo a glória de uma graça tal como a eloqüência, quão mais pecaminoso é um homem tomar para si a glória da graça divina, a própria imagem de Deus, que é o dom mais glorioso, excelente e precioso de Deus?"

Quantas vezes o apóstolo Paulo insiste, em Efésios 1, que somos salvos pela graça imerecida e gratuita? E como João atribui toda a glória da salvação à graça gratuita do Senhor Jesus - "Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados... a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!" (Ap 1.5, 6). Quão solenes foram as palavras de Jonathan Edwards, em sua obra Narrativa Pessoal! "A absoluta soberania e graça gratuita de Deus, em demonstrar misericórdia àquele para quem Ele quer expressar misericórdia, e a absoluta dependência do homem quanto às operações do Espírito Santo têm sido para mim, freqüentemente, doutrinas gloriosas e agradáveis. Estas doutrinas têm sido o meu grande deleite. A soberania de Deus parece-me uma enorme parte de sua glória. Tenho sentido deleite constante em aproximar-me de Deus e adorá-Lo como um Deus soberano, rogando-Lhe misericórdia soberana."

19 março 2012

Devocional - Hebreus 5.1-10

A paz do Senhor a todos os irmãos!

O texto de hoje é lindo, está em hebreus:

"Porque todo o sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados; E possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados; pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza. E por esta causa deve ele, tanto pelo povo, como também por si mesmo, fazer oferta pelos pecados. E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão. Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, Hoje te gerei. Como também diz, noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque. O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia. Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem; Chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque." Hebreus 5:1-10

Todo sumo sacerdote é constituído por Deus e oferece sacrifícios pelo povo e por si mesmo, pois ele também é rodeado de fraquezas, e por isso pode compadecer-se dos que erram como ele.
Da mesma maneira, Jesus foi constituído sacerdote eternamente por Deus e não poderia ser diferente com ele. Ele deveria oferecer sacrifícios pelo povo e ser capaz de compadecer-se dele, por isso foi necessário que sofresse. Veja quão grande amor.
Jesus poderia ter vindo à Terra sem precisar sofrer tanto, apenas se entregar na cruz e salvar a humanidade.Poderia ter tido uma vida mais fácil, sem precisar padecer necessidades, sem ter dinheiro para pagar imposto, ou sofrer carregando a cruz até o monte das oliveiras, sem precisar apanhar tanto antes da crucificação. Mas era necessário que sofresse,para poder se compadecer de nós pecadores, saber o que passamos, os sofrimentos que temos, ainda que tenha sofrido muito mais do que qualquer um de nós, pois os pecados de toda a humanidade estava sobre ele!

"Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu."

"E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem..."


Jesus conhece as suas fraquezas. Ele conhece a sua dor. Foi constituído sumo sacerdote para que pudesse se compadecer da nossa dor e ser a causa da nossa eterna salvação. Mesmo sendo Filho, padeceu por nós!
Seja qual for a sua dor, Deus conhece e se compadece de ti! Está pronto para te livrar!

Tenha uma segunda feira muito abençoada!

16 março 2012

Devocional - I Corítios 15.10


A paz do Senhor irmãos

Já estava quase indo embora, mas arrumei um tempinho pra postar o devocional:

"Mas pela graça de Deus sou o que sou; e a sua graça para comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que todos eles; todavia não eu, mas a graça de Deus, que está comigo." 1 Coríntios 15:10

Li esses texto depois de ver um devocional escrito por John Piper, até compartilhei aqui no face.
Quando entendemos a graça de Deus em nossas vidas conseguimos perceber como é maravilhoso o que Deus faz em nossas vidas!
A primeira coisa que precisamos entender é que nós não somos nada. Nada doque fazemos para Deus vem de nós mesmos. Se oramos mais, lemos a bíblia e temos sede de Deus é porque Ele mesmo coloca esse desejo em nossos corações pela sua graça infinita. Não podemos nos gloriar do que fazemos no reino de Deus, nem de estar buscando a Ele espiritualmente. Tudo isso vem Dele mesmo!
Mas se isso vem de Deus, então se eu não estou buscando muito não é culpa minha, a culpa é de Deus que não colocou desejo no meu coração. Nada disso. Veja que o apóstolo Paulo diz no mesmo versículo a respeito de reconhecer a graça de Deus em nossas vidas e ao mesmo tempo o esforço humano.

"A sua graça comigo não foi vã, antes trabalhei muito mais do que os outros"

Ele não quis dizer: Eu fiz por merecer". Ele quis dizer "Eu recebi a graça de Cristo e fiz o que deveria fazer"

"Assim também vós, quando fizerdes tudo o que vos for mandado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos somente o que devíamos fazer." Lucas 17:10

Nós devemos nos esforçar sim, para sermos melhores, para fazer o que agrada a Deus, nos esforçar para servir com nosso melhor. Mas mesmo assim, não deixar a arrogância entrar em nosso coração, reconhecer que se o Senhor não tivesse nos feito nascer de novo, e se Ele não tocar em nós todos os dias, não faríamos nada!

"As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim."

14 março 2012

Devocional - I Corintios 10. 31-33


"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus. Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a igreja de Deus; assim como também eu em tudo procuro agradar a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que sejam salvos." I Corintios 10. 31-33

Eu tenho meditando muito nesses versículos. O apóstolo Paulo diz que tudo o que nós fizermos, temos que fazer para a glória de Deus.
Se um dia você parar para analisar tudo o que você faz durante um dia, vai perceber que muitas coisas, para a maioria das pessoas, não tem nada relacionado com Deus, mas na realidade, Deus está relacionado com tudo o que fazemos, e em tudo isso Ele quer ser glorificado. E como podemos fazer todas as coisas para  glória de Deus? Até nos momentos em que estamos sozinhos podemos glorificar a Deus. Se estamos fazendo algo errado em nosso trabalho, ou em nosso relacionamento, criticando nosso irmão na igreja, sendo negligentes com a obra de Deus, temos que mudar, tudo que fazemos é para a glória de Deus!
Se você não tem encontrado forças para deixar seu pecado, existe algo que me fortalece; é quando penso que o que estou fazendo tem que glorificar a Deus. Se não está exaltando ao Senhor, então é um sinal de que preciso mudar.

Mas ainda existe algo muito interessante nesse texto. Paulo chama a responsabilidade da salvação de todos para ele mesmo. Sabemos muito bem que não depende de nós.  A salvação pertence ao Senhor. (Jonas 2.9b). Mas o apóstolo declarou algo tão forte: "assim como também eu em tudo procuro agradar a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que sejam salvos."
Ele não buscava seu próprio proveito, mas o dos outros, para que todos fossem salvos.

Leia o que Paulo escreveu um capítulo antes deste que lemos:

"Pois, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos para ganhar o maior número possível: Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei (embora debaixo da lei não esteja), para ganhar os que estão debaixo da lei; para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei. Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns." (I Corintios 9.20-22

Mesmo sendo livre, não tendo que prestar contas de nada a ninguém, nem tendo que mudar por causa de ninguém; Paulo se fez escravo, por amor ao evangelho! Que coisa maravilhosa!
Você já pensou em perder a sua liberdade por causa de um irmãos em Cristo, para que ele seja salvo? Para que ele não se escandalize?
Nós não fazemos isso nem pelo nosso marido (a) ou namorado (a). Para nós é difícil mudar algo que nossos companheiros não gostam. Vejo muitas pessoas colocando frases no facebook dizendo: "Eu não mudo por causa de ninguém, se me ama tem que me aceitar como eu sou." Os outros é que tem que nos aceitar.

Medite nisso hoje. Deus quer ser glorificado através da sua vida. E isso não é uma tarefa fácil, mas é um grande privilégio, e grandes bençãos vem acompanhadas com a glória de Deus em sua vida!

12 março 2012

Devocional - Joel 2.1-11


Boa tarde a todos!

O devocional de hoje está em Joel 2

"Toquem a trombeta em Sião; dêem o alarme no meu santo monte. Tremam todos os habitantes do país, pois o dia do Senhor está chegando. Está próximo!
É dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e negridão. Assim como a luz da aurora estende-se pelos montes, um grande e poderoso exército se aproxima, como nunca antes se viu nem jamais se verá nas gerações futuras.
Diante deles o fogo devora, atrás deles arde uma chama. Diante deles a terra é como o jardim do Éden, atrás deles, um deserto arrasado; nada lhes escapa.
(...)
Eles atacam como guerreiros; escalam muralhas como soldados. Todos eles marcham em linha, sem desviar-se do curso.
Não se empurram uns aos outros; cada um marcha sempre em frente. Avançam por entre os dardos sem desfazer a formação.
(...)
Diante deles a terra treme, o céu estremece, o sol e a lua escurecem, e as estrelas param de brilhar.
O Senhor levanta a sua voz à frente do seu exército; Como é grande o seu exército! Como são poderosos os que obedecem à sua ordem! Como é grande o dia do Senhor! Como será terrível! Quem poderá suportá-lo?" Joel 2:1-11

O Senhor sempre anunciou o dia da Sua vinda, mesmo para o povo da época dos profetas do Velho Testamento. Ninguém pode dizer que não sabia a respeito desse dia! Em toda a bíblia o Senhor anuncia que um dia voltará. Hoje em todos os países do mundo se anuncia a volta de Cristo, em todas as línguas, por todo lugar! Todos sabem da promessa de Jesus de vir buscar a sua noiva e julgar o mundo!

Dias de densas trevas e escuridão para os que perecem, mas o povo escolhido do Senhor é chamado de grande e poderoso!

Nós somos o povo escolhido do Senhor! Diante do povo de Deus o fogo devora, e atras deles arde uma chama. Quem anuncia a volta de Cristo e a Sua palavra é como fogo, condenando os que não creem e abençoando os que são escolhidos para ser seu povo. Diante deles a terra é como o Éden, atras deles é como um deserto. à sua frente são bençãos. Atras deles, um deserto arrasado.

O povo de Deus não se desvia do seu foco! Andam em união, marchando em frente. Ouvem a voz do Senhor, e como são poderoso os que obedecem a sua voz!

Ao mesmo tempo que o profeta diz ser um dia grande, também diz ser um dia terrível! Grande dia para o povo de Deus. Um dia terrível para os que não creram no Senhor!

09 março 2012

Devocional - Filipenses 3.7-9


Boa tarde irmãos!

O devocional de hoje está em Filipenses


"Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé."

Filipenses 3:7-9
Tudo aquilo que conquistamos na carne, pelo nosso próprio esforço, podemos considerar como perda, pois de nada vale diante de Deus todo o esforço que fazemos tentando comprar a salvação. Muitas vezes fazemos tantas obras, lemos a bíblia todos os dias e até falamos de Cristo, mas não por prazer e amor, porque simplesmente amamos fazer isso, mas porque queremos mostrar para o mundo e para Deus que somos bons!

Se havia alguém que tinha do que se gloriar com respeito ás suas obras era Paulo. Olha o que ele mesmo diz uns versículos antes: "Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível." (Fp 3:4-6)

Se você acha que pode confiar nas suas obras para ser salvo, imagine Paulo! Hebreu, fariseu, ensinado aos pés de Gamalieu, um  dos grandes mestres da lei, circuncidado ao oitavo dia, irrepreensível! Mas para Deus nossa justiça é trapo de imundice! 
Para ser salvo é necessário fazer como Paulo, considerar tudo isso como perda, tendo a nossa justiça que vem pela fé em Cristo. 
Jesus já fez tudo o que era necessário para que fôssemos salvos. O Seu sangue é suficiente para nos salvar de todo pecado. 

Nós devemos continuar fazendo nossas obras para o reino de Deus, com amor e prazer, mas que isso não seja para nós considerado como ganho. Que não seja para barganhar com Deus. Ele não precisa disso, Ele já fez o que era necessário para nossa salvação. Na verdade Ele nos salvou para termos boas obras. Faça essas boas obras para o Senhor de todo o seu coração, porque Cristo morreu para isso!

08 março 2012

Devocional - Isaías 40.12-31


Graça e paz amados irmãos!
E um ótimo dia abençoado para todas as amadas irmãs pelo seu dia!
Parabéns Mulheres!

O devocional de hoje é um texto conhecido, mas muito lindo.
Eu espero que você possa ser abençoado e consolado ao ler essa palavra do Senhor:

"Quem mediu na concha da sua mão as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes com peso e os outeiros em balanças?
Quem guiou o Espírito do SENHOR, ou como seu conselheiro o ensinou?
Com quem tomou ele conselho, que lhe desse entendimento, e lhe ensinasse o caminho do juízo, e lhe ensinasse conhecimento, e lhe mostrasse o caminho do entendimento?
Eis que as nações são consideradas por ele como a gota de um balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ele levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima.
Nem todo o Líbano basta para o fogo, nem os seus animais bastam para holocaustos.
Todas as nações são como nada perante ele; ele as considera menos do que nada e como uma coisa vã.
A quem, pois, fareis semelhante a Deus, ou com que o comparareis?
O artífice funde a imagem, e o ourives a cobre de ouro, e forja para ela cadeias de prata.
O empobrecido, que não pode oferecer tanto, escolhe madeira que não se apodrece; artífice sábio busca, para gravar uma imagem que não se pode mover.
Porventura não sabeis? Porventura não ouvis, ou desde o princípio não se vos notificou, ou não atentastes para os fundamentos da terra?
Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar;
O que reduz a nada os príncipes, e torna em coisa vã os juízes da terra.
E mal se tem plantado, mal se tem semeado, e mal se tem arraigado na terra o seu tronco, já se secam, quando ele sopra sobre eles, e um tufão os leva como a pragana.
A quem, pois, me fareis semelhante, para que eu lhe seja igual? diz o Santo.
Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará.
Por que dizes, ó Jacó, e tu falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao SENHOR, e o meu juízo passa despercebido ao meu Deus?
Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento.
Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.
Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão;
Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão."
Isaías 40:12-31

Quão tremendo é o Senhor!

Eu vim pelo caminho meditando nesse último versículo, pensando que, mesmo que eu esteja cansada, posso renovar as minhas forças no Senhor. Ele é como se fosse o meu "carregador". Sempre posso me refugiar em Deus. E os que confiam Nele se renovam, sobem como águias, mais alto que os problemas e as tribulações. Mesmo que eu corra quilômetros, não me cansarei nem me fatigarei. As vezes nos sentimos cansados e pensamos até em desistir, mas isso só acontece porque não estamos confiando no Senhor.

Mas eu não me lembrava dos versículos anteriores. Como Deus é grande e poderoso! E como nós somos pequenos e nada diante de tudo o que Ele é! Deus criou tudo e conhece todas as coisas. Nele começa tudo e Nele tudo encontra propósito. O homem com toda a sua arrogância não sabe de nada, não entende de nada, não conhece nada e não tem controle sobre nada... mas Deus tem misericórdia de nós! Mesmo assim, Ele continua cuidando de nós. 

É inescrutável o seu entendimento.
Quão grande é o Senhor!

Mas mesmo assim Ele se relaciona com o homem, cuida, dá forças e dirige o seu caminho. Você pode notar que desde o versículo 12 até o 28 só se fala da grandeza de Deus, de todo o seu poder e sabedoria. Mas no versículo 29 mostra Deus cuidando do homem: "Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor."
Porque Ele se preocupa? Porque Ele cuida de nós? Ele é tão grande e nós não somos nada. Não passamos de pecadores que não sabem nada de Deus e não se importariam com Ele se Ele mesmo não tivesse nos resgatado do pecado. 

Eu não sei porque Ele me ama e cuida de mim, mas sei que não posso viver sem Ele. Ele é a energia da minha vida. A minha força, a minha visão, a minha canção! Deus é tudo!

Medite em cada versículo desse texto e sinta a consolação do Senhor no ultimo versículo, pois Ele te dá forças mais um dia.

"Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão."

Rebeca Oliveira

07 março 2012

Devocional - Daniel 11.32


A paz do Senhor aos amados irmãos!

Hoje o devocional está em Daniel 11.32:

"Ainda aos violadores do pacto ele perverterá com lisonjas; mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte, e fará proezas."

Conhecer a Deus é essencial para nos manter firmes e nos fazer ir adiante.
O problema é que muitas vezes achamos que conhecemos, mas não se conhece a Deus somente ouvindo algumas coisas a respeito Dele. Interessante que todas as pessoas tem algo para falar a respeito de Deus. Que Ele é bom, que Ele cuida, que e]Ele faz isso ou até mesmo o que acham que Ele não faz. Se Ele existe ou não. Todas as pessoas tem algo a dizer a respeito de Deus. Mas a maioria das pessoas conhecem a Deus por aquilo que ouviram falar dos outros ou baseados no seu próprio entendimento. Mas o que é conhecer a Deus? Você pode dizer que conhece o ex presidente Lula por aquilo que ouviu a seu respeito? Não. Se você um dia pôde conversa com ele, você pode dizer que o conhece bem? Também não. Para dizer que conhece alguém tem que andar com ela, saber qual é o seu caráter, sua personalidade; como ele age em cada situação, o que ele gosta, o que não gosta e o que não tolera.

Conhecer a Deus só é possível através da Sua própria palavra. Andar com Ele. Saber como Ele age. O que Lhe agrada e desagrada. E Ele quer ser conhecido. Ele se revela a nó. Ele se deixa conhecer.

E quais são os benefícios de conhecer a Deus?
"O povo que conhece ao seu Deus se tornará forte, e fará proezas"

Primeiro, o conhecimento do Senhor nos torna mais fortes. Estamos fortalecidos quanto mais conhecemos a Deus. Isso significa que quando estou fraco é porque me falta conhecimento do Senhor. Ou aquilo que eu tenho aprendido não é o verdadeiro alimento, pois mesmo que seja "leite" dará crescimento!

Segundo, aquele que tem o conhecimento do Senhor fará proezas. Nosso ministério, nossa fé tem que estar baseada no conhecimento de Deus. Muitas pessoas desistem em sua caminhada com Deus porque estão baseando seu ministério em si mesmas, ou no que as outras pessoas esperam, mas somente aquele se baseia no conhecimento do Senhor fará proezas.

"Conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor." Oséias 6:3

06 março 2012

Devocional - Esdras 10.1-3

A paz do Senhor irmãos!

Vamos meditar em um texto muito interessante hoje.

Esdras 10:

"E enquanto Esdras orava, e fazia confissão, chorando e prostrando-se diante da casa de Deus, ajuntou-se a ele, de Israel, uma grande congregação, de homens, mulheres e crianças; pois o povo chorava com grande choro. Então Secanias, filho de Jeiel, um dos filhos de Elão, tomou a palavra e disse a Esdras: Nós temos transgredido contra o nosso Deus, e casamos com mulheres estrangeiras dentre os povos da terra, mas, no tocante a isto, ainda há esperança para Israel. Agora, pois, façamos aliança com o nosso Deus de que despediremos todas as mulheres, e os que delas são nascidos, conforme ao conselho do meu senhor, e dos que tremem ao mandado do nosso Deus; e faça-se conforme a lei."
Esdras 10:1-3
A palavra de Deus diz que os homens do povo de Israel haviam se casado com mulheres estrangeiras, o que era contrário à vontade de Deus, e o sacerdote Esdras chamou todo o povo para um concerto com o Senhor, para que despedissem suas mulheres e os filhos que tiveram com elas para obedecer ao mandando do Senhor.

Imagine como deve ter sido difícil para os homens verem suas mulheres e seus filhos irem embora e saber não voltariam mais, nunca mais!

É um texto que muitos não conseguem entender. Com relação ao pecado Deus quer que eu e você tomemos atitudes drásticas! Deus não brinca com o pecado. Se é contrária a Sua palavra, devemos mandar embora das nossas vidas mesmo. Mesmo que seja muito difícil.

"Fazei, pois morrer a vossa natureza carnal" (Colossenses 3.5)

Com o nosso pecado temos que ser violentos. Fazer morrer!

Hoje você pode despedir da sua vida o pecado. Mande embora o seu erro, mesmo que seja algo doloroso para você.

Você pode mandar embora o seu "filho estrangeiro". Hábitos dos seus filhos que são errados, quando eles agem como estrangeiros, e não como filhos de Deus. Mande embora isso.

Mande embora sua "esposa estrangeira". Coisas no seu casamento, comportamento errado em você ou no seu cônjuge que não estão de acordo com a palavra do Senhor. A bíblia ensina que a mulher deve ser submissa ao seu marido, assim como a igreja é para com Cristo, e o esposo deve amar a sua esposa e dar a sua vida por ela, assim como Cristo fez pela igreja. Concerte o seu casamento e mande embora os hábitos de mulher ou homem estrangeiro. Que o seu casamento seja de filhos de Deus.

Mande embora os pecados do seu corpo, da sua mente, do seu trabalho, do seu dinheiro, dos seus relacionamento. Faça morrer a sua natureza carnal. Seja filho!

05 março 2012

Devocional - Jó 34.13-15


A paz do Senhor!

Nos últimos dias não consegui postar nada aqui
Mas hoje to de volta!

Vamos meditar juntos?

Jó 34.13-15

"Quem lhe entregou o governo da terra? E quem fez todo o mundo? Se ele pusesse o seu coração contra o homem, e recolhesse para si o seu espírito e o seu fôlego, toda a carne juntamente expiraria, e o homem voltaria para o pó."

Estou lendo um livro chamado "O Ser de Deus e Seus Atributos" de Heber Carlos de Campos. Ele fala muitas coisas a respeito de Deus que não conhecemos. Uma das coisas que tenho aprendido é que Deus é Imanente e Transcendente. 

O que significa isso?

Imanente significa que Deus criou o mundo à Sua imagem e semelhança. Ele nos fez iguais a Ele mesmo. Ele se relaciona com a sua criação. Podemos conhecer a Deus pela forma que Ele se revela na criação. 

Ao mesmo tempo o nosso Deus é transcendente. Ele é maior, infinitamente mais do que tudo o que foi criado! Ele transcende a tudo isso. Deus é muito grande e não cabe na mente humana. 

Esse texto revela esses dois atributos de Deus. Primeiro, Ele é muito grande. Ele fez o mundo e o governa. Administra tudo com poder! Mas no mesmo versículo vemos um Deus preocupado com o homem. Sabemos que se Deus nos deixar, não cuidar do mundo e do homem, simplesmente morreremos. Tem uma outra versão desse versículo que diz: Se ele não se preocupasse com o homem..."

Deus se preocupa. Ele se relaciona conosco. Ele não somente fez o homem e cuida para que as coisa deem certo de acordo com o seu plano. Mas Ele também se preocupa conosco. Ele provê as coisas que nós necessitamos, sejam elas físicas, espirituais, sentimentais, profissionais, materiais... tudo Ele provê, porque Ele nos ama, Ele se preocupa conosco.

O que nós precisamos saber é o quanto somos dependentes de Deus. Se Ele parar de cuidar de nós, não teremos mais nada, não conseguiremos mais nada, pois sem Ele nada podemos fazer!

02 março 2012

Video - Moldados por Deus - Enfrentando o medo

Hoje postaremos a segunda mensagem, pregada na terça feira, dia 24 de janeiro de 2012, pelo Pastor Edson na semana do Moldados por Deus.

O tema é Enfrentando o Medo.

Se delicie na palavra de Deus!



Obs: Se você quiser receber por email o áudio dessa e de outras mensagens ou um arquivo com o esboço destas mensagens mande um e.mail, ou entre em contato conosco pelo email edsonnj@hotmail.com.

Fake News

Nós Não divulgamos a mentira, nós divulgamos a verdade As noticias falsas embora estejam no foco dos comentários dos nossos d...