30 dezembro 2011

O que atrai o urubu?

Em cima do muro bem alto, esta o urubu, de um lado existe um sitio, com piscina, gramado lindo, e muita carne fresca preparado para um churrasco que vai acontecer e ninguém por perto, todos dentro da casa, de outro lado do muro esta um boi morto já há algum tempo, cheirando carniça, o urubu será atraído para onde? Para a carne fresca, limpa, não esta em decomposição, ou para o boi morto há algum tempo, cheirando mal, em decomposição? Com certeza o cheio ruim, o cheiro da morte atrai o urubu, isto porque a sua natureza determina isso, a natureza do urubu, ave carniceira o atrai a morte, o atrai a podridão.
Assim acontece com as pessoas que não são de Cristo, são atraídas pelas coisas ruins, sua natureza degenerada só lhe mostra como atrativas as coisas ruins, não há prazer nas coisas de Deus, preparadas para os santos, justos, que o Pai regenerou de deu a Cristo, é uma atração irresistível para aqueles que não são de Deus, não conseguem ao menos ver a lógica.

Vejo tantas pessoas hoje dizerem que tal igreja esta cheia, que as coisas lá são maravilhosas, mas vejamos umas coisas, Qual a maior religião do mundo? O Islamismo, esta cheio de islâmico em todo lugar, e daí, Deus esta com eles? E essas igrejas que tem culto o tempo todo, e não tem ensino bíblico, as pessoas aprendem o que? Na verdade as pessoas são atraídas pela sua natureza degenerada, lembramos que Cristo multiplicou os pães, e assim uma multidão o seguia, mas foi só Cristo começar a ensinar a palavra de Deus, e todo mundo foi embora, ficando apenas os apóstolos.

Vejamos o que diz a palavra de Deus quanto aqueles que seguem o que não é de Deus:
Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome às suas ovelhas, e as traz para fora. E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Jesus disse-lhes esta parábola; mas eles não entenderam o que era que lhes dizia. Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. João 10:2-7
Chama pelo nome as suas ovelhas
Jesus se declara ser o Bom Pastor, e o bom pastor chama suas ovelhas para fora, vai adiante delas, note que Jesus conhece quem lhe pertence, chama pelo nome, Jesus não fica lá no céu esperando uma ação de suas ovelhas aqui na terra, pelo contrário, Ele já as conhece, não tem essa de um dia ser, outro dia não, meu filho é meu desde quando começou a ser gerado no ventre materno, sempre é meu, eu o conheço, embora me orgulhe dos meus filhos, se um dia eles fizerem algo ruim, continuarão a ser meus filhos, eu os conheço.

Porque conhecem a sua voz
As ovelhas de Cristo, conhecem a Cristo, reconhecem a sua voz, são atraídos por Ele, não são atraídos pela carne podre, a palavra de Deus que é luz para o nosso caminho, nos fala que aqueles que são do Senhor, são reconhecidos por seguir a palavra de Deus, seguir a Cristo somente, não tem atração pela heresia.

De modo nenhum seguirão o estranho
Cristo afirma que não há nenhuma possibilidade de uma pessoa de Cristo seguir a heresia, seguir o estranho, ser atraído pela carne podre, não existe esta possibilidade, aqueles que Deus mudou a natureza humana em natureza divina, reconhecem a voz de Cristo, e o seguem, não são atraídos por alguém que não seja Cristo.

Vemos aqui que fica nítido uma coisa, os filhos de Deus não tem a natureza do urubu, não se sentem atraídos pela heresia, não se sentem atraídos pela carne podre que tanto atraí o urubu, a questão a ser falada aqui é, a natureza humana, a natureza pecaminosa quer milagres, quer sinais, mas quando chega a hora da palavra, do ensino, ai vão embora, se mostram crentes fervorosos por algum tempo, mas não demora muito, lá estão atraídos pelo pecado, pelo vicio, pelas coisas erradas, por reuniões que em nada agrada a Deus.
Antes fugirão dele
Aquele que uma vez foi regenerado, que Cristo mudou seu coração, não tem prazer nas coisas que desagradam a Deus, e por isso, fogem das coisas erradas, não querem nem ao menos ser fotografados perto da heresia, ao lado de pecadores confessos, declarados, antes o justo do Senhor, tem aversão as coisas erradas, como declara o salmo primeiro.
Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Salmos 1:1-2
Ter aversão ao mal, correr das coisas erradas, fugir daquilo que possa fazer com que você siga o estranho , não pedir nem conselho para eles, não se assentar com eles , não ficar no meio deles para nada, como diz o Salmo 1:3, Antes o seu prazer esta na Lei do Senhor, o Apóstolo Paulo vai mais longe e diz o seguinte:
E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Romanos 16:17
Não apenas ficar com eles, ou se sentar no meio deles, mas fugir deles, desviar deles, se andam na mesma calçada que você, se desvia, vai para o outro lado, e foge deles.
A natureza do urubu
O urubu, uma ave carniceira, não é atraída pela vida, tem animais que caçam animais vivos e os matam para comer, o urubu não faz isso, não quer nada vivo, apenas o morto, o cheiro de carne podre o atrai, assim como os vivos o retraem, eles se aproximas apenas da morte, sentem a morte de longe, quilômetros de distancia e o cheiro da morte atrai o urubu.
Você já viu pessoas sendo atraídas pelas heresias, pecado, coisas erradas ? Note que esta mesma pessoa irá se desviar da palavra de Deus e preferir a heresia, da mesma forma que o urubu não procura a vida, aqueles que se dizem crente, e não tem a natureza divina, não permanecem na congregação dos justos, não tem força para ficar lá, pois a palavra de Deus alimenta apenas os filhos de Deus, não é prazeroso aos que não regenerados, o salmo primeiro termina declarando a natureza do urubu, que os ímpios não tem prazer na carne fresca.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Salmos 1:4-5
 uma pessoa pode até ficar um tempo seguindo a verdade, mas não demora muito vai embora, não tem prazer, imaginem um quase crente, pois assim são as pessoas que pensam ser crentes, e não o são, seguindo o Apóstolo Paulo, não agüentariam, hoje mesmo, imaginem uma pessoa não regenerada seguindo lado a lado com um servo do altíssimo, não suportaria, assim é a semente que cai junto a beira do caminho, ou em meio as pedras, ou espinhos, não demora muito e morrem, assim vemos claramente a natureza humana correndo atrás daquilo que ofende a Deus, que enoja ao Altíssimo,
Vai adiante delas
Jesus declara que Ele mesmo vai adiantes das ovelhas, não atrás, esperando sua decisão, mas adiante, guiando pelo caminho, conduzindo a verdes pastos, às águas de descanso, conforme narra o Salmo 23, Não é Cristo que segue a ovelha, é a ovelha que segue Cristo, a ovelha vai atrás da vida, do pão que desceu do céu, somos atraídos por Cristo somente, e Cristo vai a frente,  nos conduzindo para a Casa do Pai amado, para o Céu.
Você pode pensar, Mas se Cristo vai a frente, então jamais perderei minha salvação? È isso mesmo, se Cristo declara que as suas ovelhas o seguem, e jamais seguirão o estranho, então de forma alguma nos perderemos, sei sim, que muitos ensinam outras coisas, mas será que estas palavras não estão claras ? Será necessário esclarecer mais ainda ? Então o farei, pois o próprio Cristo o faz:
As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai. João 10:27-29.
Nunca hão de perecer
Sei sim que as pessoas nascem aprendendo ao contrário, eu mesmo aprendi outras coisas, mas não estou aqui para dizer o que “ eu acho ” mas sim, o que diz as escrituras, e neste texto, para mim não há necessidade de esclarecer, pois Cristo o esclareceu, nunca hão de perecer, jamais isso acontecerá, uma vez que Deus mudou a sua natureza, jamais a pessoa será atraída pelo mal, pela heresia, pelo pecado, o que determina a salvação é a mudança de natureza,  e isso é Deus quem faz, como disse antes, o médico pode até fazer a si mesmo um curativo, receitar a si mesmo um remédio, mas não pode fazer em si mesmo um transplante de coração, o novo coração é dado por Deus. Ezequiel 36:26, Ezequiel 11:19.
Uma vez com a nova natureza divina, para sempre será de Cristo, nunca hão de perecer, isso é impossível, note que Cristo ao Orar a Deus, presta conta daqueles que o Pai lhe deu, dizendo que nenhum deles se perdeu:
Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse. João 17:12
Uma vez que Deus mudou o coração de uma pessoa, esta pessoa vai a Cristo, não há possibilidade de não ir, ela é atraída apenas por Cristo, e como diz o Senhor nunca há de perecer.
Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora. João 6:37
Ninguém as arrebata da minha mão
Quero afirmar que Deus, que Cristo, antes de criar o mundo, criou o tempo também, pois no principio criou Deus o céu e a terra. Gn 1:1, e este principio se chama tempo, Deus criou o tempo, por isso, esta fora do tempo, sabe tudo que ainda vai acontecer, a palavra não me chegou a boca, mas o senhor já a conhece, Salmo 139:4, Os meus dias, todos eles antes de nenhum deles existir, foram escritos no livro divino, e não apenas escritos, mas, escritos e determinados, quando nenhum deles ainda havia, Salmo 139:16, Deus sabe tudo que ainda vai acontecer, detalhes do futuro, tudo que ainda nos resta neste mundo, e mesmo assim declara, não há nada que possa afastar-nos da mão de Deus, não há nada no futuro que possa me fazer perecer, Paulo foi um apostolo tão ousado em suas palavras em tudo que dizia, e olha o que ele diz a respeito de nosso futuro com Deus.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:38-39.
Há uma concordância no que Paulo ensina, com as palavras de Cristo, nada, absolutamente nada poderá me separar do amor de Deus, poderia citar novamente tudo que Paulo diz nesse texto, mas creio não ser necessário, embora não me falte vontade.
Mas porque Paulo não menciona assim, “ A não ser que vier a pecar e se desviar do caminho de Deus , Porque o apóstolo acredita que uma vez de Cristo, para sempre de Cristo, uma vez com a natureza divina, nunca mais me perderei, não sou urubu, tenho atração pelas coisas de Deus, sou atraído pela palavra de Deus e não pela heresia, Paulo sabia que o crente pode pecar, e Deus o busca, e o leva para perto dEle, Jesus declara, que nada pode arrebatar uma vida de Sua mão, e Paulo fala que nem as coisas que estão me acontecendo hoje, nem as que ainda poderão me acontecer, poderão me separar do amor de Deus, pois a minha natureza já foi transformada.
Como ter essa certeza?
O que me atraí determina quem sou, se sou atraído pela carniça , sou urubu, se desprezo a carniça, não sou urubu, se tenho aversão a heresia, se para mim números não são importantes, pois o Cristo diz, onde houver dois ou três reunidos em meu nome, porque eu iria querer multidão, se Deus se agrada com qualidade e não com quantidade.
A pergunta a ser feita é, o que me atraí ? sou presa fácil para o que?, a resposta determina o seu futuro.

Deus os abençoe

Pr Edson Prado

27 dezembro 2011

Se abrindo para o perdão

"E quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas." Marcos 11. 25

   Quando se fala de fim de ano, as pessoas pensam em mudar, melhorar, tirar aquilo que é ruim e se abrir para o melhor, então, se você quer mudar neste fim de ano por quê não se abrir para o perdão?
   O perdão é uma porta que se abre para quem quer mudar, para quem quer recomçar. O perdão nos leva para um outro nível de vida espiritual, e nos faz enchergar um pouco do perdão de Deus para conosco.
   O texto de Marcos 11.25 fala sobre o perdão, mas não fala sobre arrependimento. Uma das coisas mais difíceis de perdoar é quando a pessoa que cometeu o erro não está arrependida, é difícil perdoar alguém que te machucou profundamente e simplesmente esqueceu o que aconteceu. Mas apesar disto, precisamos perdoar.
   Outra coisa que o texto fala é sobre perdoarmos em nossas orações, muitas vezes somos incapazes de perdoar, mas podemos contar com a ajuda do Espírito Santo que nos trata e nos molda enquanto oramos. Se você não consegue perdoar, ore a Deus e peça, Ele vai te ajudar.
   E por fim, quando perdoamos entendemos um pouco do Perdão de Deus, e ao perdoarmos, nos tornamos mais parecidos com Ele.
   Se abra para o perdão...Ele abre portas para você!




A Gata e a Porca


Vejam uma gata. Que limpa criatura é! É interessante vê-la lavar o próprio corpo com a língua e as patas. Você, porventura, já viu uma porca fazer o mesmo? Nunca viu nem verá, pois isso é contrário à sua natureza. Ela prefere focinhar na lama. Ensine uma porca a lavar-se e a limpar-se como a gata - tarefa inútil. Você poderá lavar à força aquela porca; ela porém, voltará para a lama e sairá dali tão imunda como antes. O único modo pelo qual você poderá conseguir fazer com que uma porca se lave voluntariamente seria transformá-la numa gata. Suponha que tal transformação se realize; então, aquilo que parecia difícil ou impossível tornar-se-á fácil e espontâneo.

Assim é com o ímpio. Você não poderá forçá-lo a ser santo, pois não tem como sê-lo; sua natureza o conduz para outro caminho. Todavia, quando o Senhor fizer dele um novo homem, então tudo será espontaneamente diferente. A nova natureza busca a santidade tão espontaneamente como a velha corre atrás da iniqüidade.
Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama. 2 Pedro 2:22
Vejamos algumas coisas interessantes nas páginas sagradas.
O homem degenerado
Deus fez Adão e Eva perfeitos, abençoados, completos, Ele mesmo ao olhar sua criação, disse, E viu Deus que era bom. Gn 1:28 a 31, porém os advertiu, que não deveriam comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, pois no dia em que a comerem, iriam morrer. Gn 2:17, e como sabemos Adão e Eva comeram, e morreram, fisicamente? Não, isso aconteceu muitos anos depois, eles morrem espiritualmente, se tornaram pecadores, e Jesus diz que todo aquele que peca , é escravo do pecado. João 8:34.  O pecado os matou espiritualmente, como diz Paulo em Efésios 1:1 a 5.

Você já viu um morto fazer alguma coisa? Ou escolher alguma coisa? Se estão espiritualmente mortos, como podem fazer escolhas espirituais? Podem escolher o que comer, o que beber, o pecado que vão cometer, mas não podem tomar uma decisão espiritual, olhe o que Paulo escreve aos Romanos 3:10 a 18:

Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; Cuja boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; E não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos. Rm 3:10-18

O pecado que Adão e Eva cometeram, trouxe a morte espiritual a eles, degenerou toda a raça humana, desfigurou toda a linhagem de Adão, por isso ninguém pode agradar a Deus, ninguém busca a Deus, ainda que exteriormente tentem fazer o bem, perante Deus jamais poderão satisfazer as exigências de Deus para serem limpos, santos, isso lhes é impossível.

Se Adão e Eva pecaram, e todo aquele que peca é escravo do pecado, então como pode um escravo ser livre para fazer escolhas? Como pode um escravo ser livre para escolher o que bem quer? Note que Paulo escreveu aos Romanos isso, muito tempo depois de Cristo morrer na cruz, mas de trinta anos após a cruz, Paulo ainda diz que o homem é escravo do pecado.

Olhe essa frase de Cristo:
Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. João 6:44
Porque Jesus diz isso ? porque o homem, morto em pecados não é livre para fazer essa escolha, sua natureza degenerada, pecaminosa não lhe permite fazer essa escolha.

O homem degenerado, que só tem vontade de pecar, de errar, de falar mal, com os pés velozes para praticar iniqüidade, esta apenas agindo conforme sua natureza, esta apenas satisfazendo sua inclinação ao pecado, o seu coração, sua alma esta dominada totalmente pelo pecado, não tem a vontade de ir a Deus, pois sua natureza não lhe permite isso, é uma questão de natureza, pode uma pessoa mudar sua natureza? Pode o leão se transformar em macaco, pode o negro tornar a ser branco ? não, isso não é possível, veja esta frase de Deus a Jeremias:
Porventura pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis vós fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal. Jr.  13:23
Não se pode mudar uma natureza, tente lavar o porco, e ele voltará para a lama, isso faz parte dele, sua natureza o faz ser assim, para ele isso é normal, é natural, assim como esta na natureza da gatinha limpar  a si mesma.

Tentando limpar a si mesmo.
Vemos dia a dia pessoas tentando ser crente, tentando, se esforçando, fazem campanhas, jejuam, oram, vão ao monte, e tentam demais isso, mas não passa muito tempo, e lá esta a natureza humana, pecadora mostrando quem são, vícios, palavras torpes, brigas, mágoas, mentiras, pecados escondidos, vejo pessoas fazendo de tudo para serem a gatinha, mas não demora muito percebem que não são, e ai caem na tristeza pois não conseguem jamais obedecer a Deus.

Houve uma situação na bíblia que o próprio Cristo mostra que aqueles que se manifestam ser crentes por si só, voltam ao pecado, e percebem que nunca foram, veja a narração bíblica:
E, estando ele em Jerusalém pela páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no seu nome. Mas o mesmo Jesus não confiava neles, porque a todos conhecia; E não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem. João 2:23-25
Ele diziam crer em Cristo, viram os milagres, creram nEle, mas Jesus sabia que a natureza humana não iria permanecer nEle, se não mudar a natureza humana, as pessoas não tem força para conseguir, ficam um tempo na igreja, fazem campanha, se tornam obreiros, mas não chegarão ao fim, Jesus sabia disso, por isso nem se animou com eles, o homem por si só não pode transformar sua natureza humana, pecaminosa, em natureza divina, um médico ate que pode fazer em si mesmo um curativo, aplicar a si mesmo uma injeção, mas não pode fazer em si mesmo, um transplante de coração, só Jesus pode fazer isso. Eis a razão de muitos desviarem, na verdade não creram em cristo, creram nos milagres apenas, ficaram animados, mas esse animo tem prazo de validade limitada a poucos dias.

Se o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:32
A nova natureza é um dom de Deus, não vem do homem, o homem de si mesmo não pode ter, uma vez que Deus liberta uma pessoa da natureza humana e pecaminosa, verdadeiramente este homem é livre, nunca mais voltará ao pecado, nunca mais deixará o caminho de Cristo, pode tropeçar aqui ou ali, como Pedro, Davi, mas logo volta a Cristo e o segue estrada a fora, como fez o cego de Jericó.

Vejamos um texto que mostra que a natureza divina não pode ser conquistada pelo homem.
Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. João 1:13
Não vem do sangue, ou seja, de seus pais naturais, de sua família, de sua genealogia, pelo contrário, de Adão apenas recebemos o pecado, sabe a diferença de antigo e novo testamento, quando alguém morre, deixa um testamento, uma herança, Adão pecou e morreu espiritualmente, e assim, deixou a herança do pecado, o velho testamento, Cristo morreu e nos deixou o novo testamento, a vida eterna, a nova criatura, e natureza divina.

Não vem da vontade da carne, ou seja não vem de si mesmo, não escolhemos nascer para Cristo, pode uma pessoa escolher nascer? Não é isso ridículo? Se podemos escolher nascer do Espírito, então já estamos vivos, então, pra que nascer? A bíblia diz que não vem da própria vontade, não vem da carne, não vem da vontade humana, mas unicamente de Deus. Foi Deus quem nos escolheu para Ele.
E não quereis vir a mim para terdes vida.João 5:40
Quem iria desejar ter vida? Apenas uma pessoa morta, pois uma pessoa viva, não iria querer ter vida, pois já a tem, mas porque Jesus diz que eles não querem ir a Ele para ter vida, pois estão mortos, e morto não tem vontade, morto espiritualmente não tem essa opção.

A nova natureza
Quando Cristo me liberta, o Espírito Santo vem a mim, a vivifica o meu coração, aquilo que morreu quando Adão pecou, agora o espírito Santo traz a vida, me regenera, ou seja, vai dentro da porca e muda seu interior, muda sua natureza, a partir daí, aquilo que me era difícil fazer, faço com alegria, faço com prazer, a mesma facilidade que eu tinha em pecar, agora tenho em obedecer, o prazer que eu tinha em fazer coisas erradas, agora tenho em fazer as coisas certas, de Deus, não é para mim um fardo pesado seguir a Cristo, passo a ter aversão as coisas erradas, ao vício, as palavras torpes, a mentira, aquilo que antes me dava prazer, passo a odiar, e aquilo que antes me era pesado, agora faço com satisfação, não é uma religião, é liberdade, Cristo me libertou, antes não tinha a opção de adorar a Deus, agora tenho essa opção, amo a Deus por opção, não por lei, por obrigação, amo simplesmente, antes era atraído pelo pecado, anda segundo o curso deste mundo, agora com meu coração transformado, não faz mais sentido viver sendo atraído por bebidas, vícios, palavrões e besteiras que desagradam a Deus, sou atraído por Cristo somente.

E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2:1-9

Que benção receber a nova natureza!
 
Pr Edson Prado

edsonnj@hotmail.com

25 dezembro 2011

A aliança da Graça

Jeremias 31:32 a 40

 Em nossos dias, para oficializarmos um acordo, geralmente fazemos um contrato, assinamos, reconhecemos a firma e registramos em cartório, fazemos tudo isso para nos assegurar que não teremos prejuízo, e que a outra parte cumprirá suas obrigações, mas nos tempos bíblicos, não existia contratos, cartórios, então as pessoas faziam alianças, através de sacrifícios, rituais, e até mesmo pegavam pedras como testemunhas, assim Deus para mostrar sua fidelidade em suas promessas, fez alianças para firmar suas palavras para com seus amados, como Abraão, Isaque, Jacó, Moisés, Davi, e a maior das alianças, a Cruz, através de Cristo.

Quero destacar aqui, a aliança da graça, mas para isso terei que falar um pouco da aliança da Lei, dada através de Moisés, esta serve para exaltar a Graça, quando compreendida por nós, vemos então a grandeza do amor de Deus, como diz Paulo, a largura, a profundidade, a altura e a sua largura, só conhecendo a Graça poderemos entender quão grande é o amor de Deus por nós, mas jamais entenderemos a graça, sem antes passarmos pela Lei, eis a razão de Deus ter dado a Lei, como Também diz o apóstolo, é uma seta, um aio que aponta para Cristo.

Jeremias foi um profeta abençoado, muito mesmo, mas pregou para um povo surdo espiritual, suas mensagens, e profecias não tocavam o coração do povo, eles mau ouviam, e acabou que mesmo com um profeta tão abençoado , o povo foi levado para o cativeiro babilônico em 609 antes de Cristo, e lá permaneceu por 70 anos, Jerusalém foi destruída, e os que restaram do cativeiro, foram para o Egito levando Jeremias cativo, onde morreram, e também o profeta.

Depois de muito ver a cegueira espiritual, Deus revela a Jeremias uma nova aliança, não como a aliança feita através da Lei, que dependia da obediência do povo para ser eficaz, Deus anuncia uma aliança incondicional, onde a palavra será gravada, não em tábuas de pedra, mas nos corações, a única forma de Deus salvar o povo, pois a Lei não teve êxito, visto que dependendo do povo pecador, ninguém foi salvo.

A aliança da Lei

A aliança da Lei, foi dada através de Moisés no Monte Sinal, e a Lei, vinha com obrigações a serem cumpridas, era condicional    ( se  ), vejamos alguns textos da Lei para comprovar isso:

Não terás outros deuses diante de mim                                           Êx 20:3

Não farás para ti imagem.                                                    Êx 20:4

Não adorarás                                                                        Êx 20:5

Se atentamente ouvires a voz  do senhor Teu Deus                       Dt 28:1

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar         II Cr. 7:14



Note que todos estes textos vêem acompanhas da expressão “ Não ” ou “ se ” , isto porque dependia de obediência do povo para ser validada, a velha natureza pecaminosa tendo que obedecer para chegar a salvação, dependia assim que o pecador a si mesmo se regenerasse para obter a aprovação divina, a Alei diz tantos outros textos, mas agora não temos espaço para citar tantos, mas até mesmo se o homem ou mulher pensasse em algo errado, já teriam invalidado a lei, como abaixo:

Não cobiçarás a casa do teu próximo, Não cobiçarás a mulher do Teu próximo, nem o seu servo, nem sua serva, nem seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma que pertencer ao teu próximo.  Ex. 20:17

Ou seja, não podiam nem ao menos pensar , desejar apenas já estariam invalidando a Lei, olha o que o Senhor Jesus Diz:

Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. Mt 5:27-28.

O simples fato de desejar o erro, para Deus você já invalidou a aliança da Lei, é como se o contrato fosse rasgado, um artigo apenas não foi cumprido, logo, todo o contrato foi invalidado.

Você pode dizer, então quem será salvo? Pela Lei Paulo diz que ninguém será Salvo, Rm 3:20, a Lei na verdade foi dada, para sabermos quem somos, miseráveis pecadores, não somos dignos de nada, o tempo todo desejamos o erro, podemos não adulterar de fato, mas na mente, no coração, o desejo do pecado, já nos faz pecar, e assim vemos quão perdidos estamos.

A lei aponta para a Graça, na Lei eu conheço quem sou, me torno conhecedor, que jamais poderei obedecer a Deus. Rm 2:1,  o obejetivo de Deus em dar a lei, era que o homem clamasse pela Graça, clamasse por Cristo.

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados. Gálatas 3:24

A Aliança da Graça

Depois de mostrar ao profeta que o povo não conseguia obedecer por si mesmo, Deus anuncia a Jeremias a Aliança da Graça, não escrita em tábuas, mas no coração das pessoas, incondicional, vejamos o texto:

Eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que farei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz o SENHOR.Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao SENHOR; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. Jeremias 31:31-34

Não conforme a aliança que fiz com seus pais,  Jr. 31:32

Deus não esta anunciando a Lei, pois diz ser uma nova aliança, uma aliança diferente da aliança que fez com Israel no Sinai, não é a Lei, é a graça, notemos que o próprio Deus diz que Israel invalidou a Lei, mas porque isto aconteceu?  Porque não cumpriram os “ sis ”  ou “ Não ”, dependia do povo, era uma aliança condicional, e eles falharam, invalidaram a Lei.

Hoje muitas pessoas dizem que temos que obedecer, eu também acho que a pessoa regenerada obedece, mas nesses termos, vamos ver isso mais abaixo, mas debaixo desta Lei, ninguém obedeceu, todos pecaram, não houve nenhum sequer. Rm 3:9 a 13.

A Graça de Deus não será dado como a Lei, que pode ser invalidada, nesse texto não vemos condição, não vemos o povo tendo que fazer, pelo contrario é Deus quem faz tudo, não pode ser invalidada.

A Aliança de Deus com Abraão

Para melhor explicar a Graça, terei que recorrer a aliança que Deus fez com Abraão. Como já disse nos tempos antigos a aliança tinha várias formas de se fazer, e na Babilônia, terra natal de Abrão, a aliança acontecia assim. Duas pessoas que iriam fazer o acordo, ou aliança, pegavam um animal, cortavam no meio, colocavam uma parte virada para um lado e outra para o outro lado, e ambos passavam no meio das partes, e faziam a aliança falando o que deveriam fazer, a sua parte do acordo, e quando deus foi fazer a aliança com Abrão, em Genesis 15, Sabendo dos costumes de Ur dos Caldeus, Deus mandou Abrão cortar os animais e colocar frente a frente as partes, Abrão já sabia que Deus faria com ele uma aliança.

Ele matou os animas, cortou as metades, colocou frente a frente, e no cair da tarde, diz a bíblia que Abrão foi tomado por um sono profundo, e diz a bíblia que Deus em forma de um fogareiro fumegante passou entre os pedaços, e fez o Senhor aliança com Abrão. Abrão dormia, e Deus passou entre as partes sozinho, não deu condições, pelo contrário, Ele mesmo

Se a aliança eram duas pessoas passando pelas partes, porque Deus fez Abrão dormir e passou sozinho ? porque Deus sabia que dependendo de homens nunca se cumpriria, Deus não depende de ação de homens, Ele depende apenas de si mesmo.

Na mente lhes imprimirei as minhas Leis. Jr. 32:33

A lei foi escrita em tábuas, e depois quebradas e escritas novamente, isso para mostrar que poderiam ser invalidadas, Na graça, Deus primeiro muda o homem, o regenera, muda lhe o coração, escreve no seu coração a Sua Lei, sabendo que assim o homem terá a palavra de Deus dentro de si. Como diz o próprio Deus, “ Todos me conhecerão, desde o menor até o maior deles ”.

Deus promete que através da Graça dará uma nova vida, agora o espírito Santo nos auxilia em nossas vidas,  orações, e Ele sabendo que não sabemos orar, Ele mesmo clama por nós com gemidos inexprimíveis, chora ao pai por nossa , Rm 8:26, e também temos um intercessor diante do Pai, que vive para interceder por nós. Hb 7:25.

A Palavra foi gravada em nosso coração, as tábuas da lei podiam ser quebradas, e perdidas, e anuladas, mas no nosso coração, jamais se perderá, jamais será anulada.

Obediência por prazer e não por lei

Quero escrever ainda um texto falando apenas da obediência a Deus, mas agora vou em poucas palavras demonstrar algo necessário, imaginem um homem que ama demais sua esposa, será difícil para ele a beijar? Pelo contrário, ele deseja muito isso, quer demais isso, imaginem esse homem, seria obrigação a ele ter momentos de amor com sua bela esposa? Claro que não, ele não consegue pensar em outra coisa a não ser amar sua esposa, é seu prazer, assim respondo a muitos que dizem, mas não temos que fazer nada para sermos salvos? Não temo que fazer nada, fazemos por amor, por prazer, por alegria,

A Graça é escrita em nosso coração, e por isso não obedecemos por Lei, por mandamento, por obrigação, temos prazer, é a mesma coisa que criar leis a uma pessoa que ama chocolate, ou sorvete, ou praia , dizer assim:

Terás que comer no mínimo um chocolate por semana.

Terás que chupar pelo menos um sorvete por semana.

Terás que ir a praia pelo menos uma vez no mês.

A graça faz com que aqueles que uma vez foram regenerados, uma vez Deus escreveu a sua palavra em seu coração, obedeçam por prazer, e não por lei, a obediência aqui é agradável, não difícil de ser seguida.

Hoje vemos muitos crentes fazendo um esforço tão grande para obedecer, deixar de beber, de fumar, de freqüentar lugares impróprios, ou mesmo fazendo um esforço para ir a igreja, ao culto, isso não é graça, isso é Lei, fazem porque tem que fazer, a graça não é forçada, é alegria, é prazer. Forçar a natureza de uma pessoa, já mostra que esta pessoa não tem a palavra escrita em seu coração, eu não preciso forçar minha natureza para mostrar Cristo, para ir adorar ao Senhor, ou para não beber bebida alcoólica, ou freqüentar lugares impróprios, não tenho natureza que ame isso. A graça mudou minha vida, e tenho prazer nisso.

Mergulhe mais fundo, muito mais fundo e encontrarás a Graça de Deus, esta graça não pode ser invalidada, assim como o céu não pode ser medido, e nem os fundamentos da terra serem sondados, assim esta aliança maravilhosa, não pode ser anulada, e que bom que não pode. Jr 31:35 a 37

Deus os abençoe

Pr Edson Prado

20 dezembro 2011



Um Novo Coração


"Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne." Ezequiel 36:26


Você notará...Deus não tem prometido aperfeiçoar nossa natureza ou remendar nossos corações partidos. Não, sua promessa consiste em nos dar um novo coração e um espírito de retidão. A natureza humana está muito longe de ser apenas melhorada. Não é como uma casa que precisa de pequenos reparos, tais como substituir uma telha ou fazer um reboco no teto. Não! Ela está completamente corrompida. Até seu alicerce está arruinado. Do teto ao alicerce, não há uma viga sequer que não tenha sido comida pelos cupins. Não existe mais solidez, está toda apodrecida e pronta para desabar. Deus não faz tentativas ou experimentos com o homem; Ele não escora as paredes com estacas ou pinta novamente as portas; não ornamenta e embeleza, mas determina que a velha casa seja completamente derrubada, e uma nova seja construída em seu lugar. Como já mencionei, isto é mais do que ser restaurada ou melhorada. Se apenas algumas peças estivessem em mau estado, poderiam ser consertadas. Se tão somente uma ou duas engrenagens desta grande máquina chamada "humanidade" estivessem quebradas, o Criador colocaria tudo em ordem. Trocaria as peças quebradas, substituiria a roda danificada, e a máquina voltaria a trabalhar. Pelo contrário, os reparos são necessários por toda parte; não há sequer uma alavanca que não esteja quebrada ou eixo sem estragos; nenhuma das engrenagens funciona corretamente. A cabeça toda está doente e o coração completamente debilitado. Da sola dos pés à cabeça, a raça humana está toda infestada de chagas e feridas pútridas. Por isso, o Senhor, não pensa em apenas um simples reparo. Ele faz tudo completamente novo.

Quando imaginamos que algo em nossa vida precisa ser melhorado, Deus diz,  Não concordo com você meu filho, Você não precisa ser restaurado, Você necessita de uma vida nova, tudo novo, mente nova, coração novo, novos ideais, novo caminho, mudança radical de vida ”.



Um novo coração é tarefa de Deus e n ao do homem

Deus não quer nos restaurar, quer nos dar vida nova, a começar do coração, a começar da maneira de sentir, de enxergar as coisas, de imaginar, de desejar, de ver com a fé, com o coração, e uma coisa interessante, o Pai amado diz que isto não é tarefa nossa, você poderá se redimir, e nunca conseguirá, poderá tentar parar de desejar algo, de sentir algo, uma atração muito forte que te toma vez ou outra, ou até mesmo sempre, e logo vê que seus esforços para mudar seu coração foi em vão, aqui e em muitos outros textos que devo expor abaixo, Deus mostra que não é tarefa do homem mudar o coração, é tarefa de Deus, ele mesmo diz: "Dar-vos-ei coração novo”, Deus não pode ao homem que tenha um coração novo, mas que o próprio Deus nos dará um coração novo. Tente o resto de sua vida ter um novo coração, e viverá frustrado, pois isso cabe ao Criador.

E porei dentro de vós um espírito novo

aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo, são palavras do apostolo Paulo aos Filipenses, escrita no capítulo 1:6, pois Deus nunca deixa uma obra sua pela metade, inacabada, nada e nem ninguém poderá embargar a obra do Senhor em nossa vida, podemos hoje ser um canteiro de obras do Senhor,   mas certamente o Pai amado irá concluir esta obra, assim, além de nos dar um novo coração, Deus em sua  infinita graça e amor, nos da também um espírito novo, não propenso a pecar,  não inclinado as coisas deste mundo, mas em retidão a Ele, um espírito de vida, de graça, de amor, como diz Davi no salmo 51:10, um Espírito reto, Davi sabia que não dependia dele mesmo, sabia o que era total dependência de Deus, e que como diz o Cristo , Sem Ele nada podemos fazer, João 15:5.

Quando tentamos alcançar um espírito reto da nossa forma, nos nossos meios , nunca conseguimos, é um ato humano, tentando ser perfeito, dentro de uma estrutura imperfeita, e assim, jamais alcançaremos a perfeição, eis a razão de tantas frustrações, de tanto tristeza, o homem de si mesmo, não pode fazer nada, como disse acima, a casa esta arruinada, sua estrutura comprometida com o fracasso, e toda vez que insistimos em mudar nosso coração, em ter um espírito reto, novamente falhamos, quebramos, mas quando fazemos como Davi o fez, se rendendo a Ele, dependendo dEle, submetendo nossa vida totalmente a Ele, então Deus além de nos dar um novo coração, ainda coloca em nós, um espírito novo, vindo de Deus, não remendado, reformado, mas novo, totalmente submisso a Deus, ai, não tem jeito, a nova  vida já começou.

Quando Davi escreveu o Salmo 51, ele tinha acabado de ser repreendido pelo profeta Natã, de um adultério, seguido de homicídio, pecados horríveis , e Davi então, quando o profeta o repreendeu, ele não tentou se defender, não fugiu, simplesmente caiu de joelhos, e admitiu sua culpa. Quando vemos pessoas  fugindo, tentando se justificar por si mesmo, então vemos a pessoa entregue a si mesma e não a Deus, Davi sabia que o único que o podia justificar era Deus, ele não tentou fazer a obra que só Deus podia fazer,  eis a razão de Davi ser um homem segundo o coração de Deus, não porque ele não tinha pecados, mas porque sabia que não era nada. Quer ter uma vida frustrada, tente fazer o que só Deus pode fazer por você, como diz Salomão em Eclesiastes, é como correr atrás do vento, uma aflição de espírito. 1:14, 2:17, 4:4, 4:6, deixe Deus fazer a obra em sua vida.

tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne

Ouvimos todos os dias pessoas a dizer que é tarefa do homem mudar o coração, mas aqui vemos que o próprio Deus diz que irá tirar o coração de pedra, e nos dar um coração de carne, se Deus esta falando que Ele irá fazer, é porque o homem não consegue fazer isso, pense uma coisa lógica , o carro pode ele mesmo trocar seu motor? Ou isso é tarefa do mecânico? Assim não é tarefa nossa mudar nosso coração, é tarefa de Deus, vamos observar o que aconteceu a uma mulher religiosa, chamada Lidia, alguém que até tinha boas obras, mas ainda  tinha o coração duro, fechado para as coisas de Deus.

E uma certa mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia. Atos 16:14

Embora fosse uma mulher que ainda não conhecia Jesus, ela tentava fazer a obra de Deus, como Marta , que ao invés de ouvir a palavra de Deus, e ser transformada pela palavra, ela entendia que teria que servir, e assim era religiosa e jamais transformada. Lidia ouvia as palavras de Paulo, mas quem lhe abriu o coração foi Deus, e não ela mesma, isso não é tarefa de humanos degenerados, é tarefa de Deus.

Tirar o coração de pedra é tarefa de Deus, ter um coração sensível a Deus, não é tarefa de humanos pecadores, só Deus pode fazer isso, tente e terá uma vida frustrada, até entender que nada pode fazer sem Cristo.

Existe sim alguns textos que Deus diz a pessoas de coração duro, religiosos, orgulhos, para que eles abram o coração, mas se você estudar a história bíblia, verá que eles nunca abriram, quando Deus fala para o homem fazer, o homem nunca faz, é a mesma coisa que falar para o carro “ troque o motor ” , mas porque Deus então fala para eles fazerem , o que eles não podem fazer ? é para quebrar lhes o orgulho, a arrogância, a estupidez, é para dizer: Você não disse que conseguia mudar, então mude. Quando Deus fala, se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar , e se converter dos teus maus caminhos, eles nunca se converteram,  foram todos para o cativeiro babilônico que durou setenta anos, Deus sabia que falava com pessoas metidas, estúpidas, rancorosas, ímpios que tentavam por si mesmos fazer a obra que só Deus pode fazer, e nunca fizeram, nunca mudaram.

Pare de lutar,  pare de tentar ser deus, pare de se frustrar, e deixe Deus fazer a obra que só Ele pode fazer, mudar seu coração, eu fiz como muitos, vivi uma vida de frustrações por muito tempo, corri atrás da benção, quando a bíblia diz que as benção ir ao me alcançar, há um tempo atrás o Pai amado me encurralou e ai tudo deu errado na minha vida, era a casa sendo colocada ao chão, era Deus implodindo o que ainda restava de um Edson  degenerado, para fazer em mim, um novo Edson, um novo homem, gerado a imagem de Cristo, Deus me ensinou a depender dEle, e esperar nEle, ai eu não faço nada, e as coisas acontecem, entendi que esta obra é de Deus e não minha, vivia tentando mudar, mas Deus me fez, deitar na maca, me deu uma anestesia me operou o coração, e meu deu um coração novo, uma vida nova, um espírito novo.

E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne; Ezequiel 11:19

Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. 2 Corintios 3:3

Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.  Jeremias 31:33

Deus vos abençoe.
 

Pr Edson Prado
 


18 dezembro 2011

Ministerio de louvor da Kairós tocando "santidade


Deus Governa os Corações

Sansão, não se apaixonou por uma filistia por si mesmo? Não foi seu coração que escolheu aquela mulher que tanto seus pais, como todos de sua nação tanto detestavam? Mas a bíblia nos fala que essa escolha de amar aquela mulher, não vinha de Sansão, e sim de Deus

E desceu Sansão a Timnate; e, vendo em Timnate uma mulher das filhas dos filisteus , Subiu, e declarou-o a seu pai e a sua mãe, e disse: Vi uma mulher em Timnate, das filhas dos Filisteus; agora, pois, tomai-ma por mulher. Porém seu pai e sua mãe lhe disseram: Não há, porventura, mulher entre as filhas de teus irmãos, nem entre todo o meu povo, para que tu vás tomar mulher dos filisteus, daqueles incircuncisos? E disse Sansão a seu pai: Toma-me esta, porque ela agrada aos meus olhos. Mas seu pai e sua mãe não sabiam que isto vinha do SENHOR; pois buscava ocasião contra os filisteus; porquanto naquele tempo os filisteus dominavam sobre Israel. Juízes 14:4Juízes 14:1-4

O esmerado estudo da Escritura mostra que Deus não somente dirige para as boas ações e para a vida as boas vontades dos homens, que ele torna boas, embora sejam más, como também mantém sob o seu poder todas as vontades em geral. Ele as inclina como quer e quando quer, seja para prestar favores a uns, seja para infligir castigos a outros, de acordo com Sua vontade, obedecendo a desígnios que são certamente ocultos, mas sempre justos.

Deparamos, por exemplo, com alguns pecados que são castigados de outros pecados, como os vasos de ira, prontos para a perdição, como diz Paulo (Romanos 9.22). Assim foi o endurecimento do Faraó, cuja razão foi a necessidade de o Senhor manifestar-lhe seu poder (Êxodo 7.3; 10.1). Assim foi a fuga dos israelitas na presença de seus inimigos da cidade de Hai; foram tomados pelo medo e fugiram. Isto lhes aconteceu como vingança do pecado com as circunstâncias com que merecia ser vingado. Refletem o fato as palavras do Senhor a Josué: Israel não poderá ter-se diante de seus inimigos (Josué 7.4-12).

O que significa: não poderá ter-se? Por que não puderam resistir pela força do livre-arbítrio e, com a vontade enfraquecida, fugiram tomados de medo? Não seria porque Deus domina até as vontades humanas e deixa serem invadidos pelo temor aqueles que Ele assim quer quando cheio de ira? Os inimigos de Israel não lutaram por vontade própria contra o povo de Deus conduzido por Josué? No entanto, diz a Escritura:

Porque tinha sido desígnio do Senhor que os seus corações se endurecessem e combatessem contra Israel, e que fossem derrotados (Josué 11.20).

Aquele malvado filho de Gera não maldizia o rei Davi por sua própria vontade? Contudo, o que disse Davi, cheio de verdadeira, sublime e piedosa sabedoria? Que importa a mim e a vós, filhos de Zeruia? Deixai que amaldiçoe, porque o Senhor lhe permitiu que amaldiçoasse Davi, e quem se atreverá a dizer: Por que ele fez assim? Em seguida, a Escritura, elogiando o sentimento do rei e como que repetindo desde o princípio, diz: E o rei disse a Abisaí e a todos os seus servos: eis que meu filho, que eu gerei das minhas entranhas, procura tirar-me a vida; quanto mais agora um filho de Benjamin! Deixai-o maldizer, conforme a permissão do Senhor; talvez o Senhor olhe para a minha aflição, e me dê bens pelas maldições deste dia (2 Samuel 16.5-12).

Qual a pessoa inteligente que chegue a entender como o Senhor disse a esse homem que amaldiçoasse Davi? Não o disse mandando, caso em que deveríamos louvar-lhe a obediência. Mas porque Deus, por um desígnio oculto e justo inclinou Sua vontade já dotada de maldade, está escrito: O Senhor lhe permitiu. Se Deus tivesse mandado e ele tivesse obedecido, mereceria louvor e não castigo, o qual, conforme sabemos, sobreveio-lhe posteriormente. E sabemos também a causa de o Senhor que maldissesse Davi, isto é, a causa de tê-lo feito cair nesse pecado: Talvez o Senhor olhe para a minha aflição e me dê bens pelas maldições desse dia.

Absalão não escolheu livremente o conselho que não o favoreceu? Mas ele o fez porque o Senhor ouvira a oração de seu pai, que assim suplicara. Por isso diz a Escritura: Por disposição do Senhor foi abandonado o útil conselho de Aquitofel, para que o Senhor fizesse cair o mal sobre Absalão (2 Samuel 17.14). Disse conselho útil, porque no momento favorecia a causa, ou seja, a luta contra o pai, contra o qual se rebelara. Seguindo o conselho de Aquitofel, conseguiria exterminar o pai, se Deus não o tivesse inutilizado, atuando no coração de Absalão para rejeitar tal conselho e preferisse outro que não o favorecia.

Provérbios 16:1

Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.

Provérbios 21:1

Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer

Provérbios 21:31

Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do SENHOR vem a vitória.

A Deus pertence a Gloria, a Deus pertence o Louvor, a ELE a Honra, eternamente amém.

13 dezembro 2011

Tua vontade - Ministério de louvor

Veja agora o video da equipe de louvor do Ministério Bíblico Kairós cantando a música "Tua vontade" no 7º aniversário de nossa igreja:

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...