31 agosto 2012

Dando um jeitinho



“Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dera nenhum filho. Como tinha uma serva egípcia, chamada Hagar, disse a Abrão: "Já que o Senhor me impediu de ter filhos, possua a minha serva; talvez eu possa formar família por meio dela". Abrão atendeu à proposta de Sarai.” Gênesis 16:1-2


Olá irmãos!

Hoje quero começar este post com uma pergunta: Quantas vezes você já deu um jeitinho? Você sabe, aquele jeitinho... O empréstimo, a mentira, a puxada de tapete. Quantas vezes você escolhe agir por estes meios para alcançar seus objetivos? Quantas vezes, forçado pelas circunstâncias, você decide dar um jeitinho, fazer com suas próprias mãos?

Existe uma pessoa na Bíblia que sabe muito bem o que é isso: Sarai. Deus já havia prometido filhos a Abrão, uma grande descendência, mas a promessa demorava a se cumprir, e as dúvidas começavam a surgir na cabeça de Sarai. Foi então que ela decidiu “dar um jeitinho”, e viu que poderia usufruir de sua serva, Agar, para ter filhos. Então ela disse a Abrão que a tomasse como mulher, e tivesse filhos com ela, e assim foi. Agar teve um filho e pôs nele o nome de Ismael.

Você consegue ver a mão de Deus nesta história? Existe algo sobrenatural nisto? Não. Na verdade, é totalmente o contrário, nós podemos ver claramente o desespero de Sarai e a sua falta de fé. Ela não agüentou esperar o agir de Deus e teve que agir por si mesma. Sarai não esperou em Deus, não confiou em sua promessa, não descansou na fidelidade de Deus, não, ela simplesmente deu o seu jeito.

E quantas vezes nós não fazemos isso? Muitas vezes nós temos uma promessa de Deus, mas não conseguimos esperar, não conseguimos confiar em Deus nos momentos difíceis. Nós sempre tentamos “dar um jeitinho”, sempre queremos correr atrás das coisas, “pagar um preço”, sendo que Cristo já pagou o único preço a ser pago quando morreu na Cruz por nós. Deus já fez tudo, a nossa vitória já está determinada em seus planos, a única coisa que Ele pede de nós é confiança, fé, esperança. Se você tivesse um filho, não gostaria que ele confiasse em você? Assim é Deus em nossas vidas.

Então, tome uma decisão hoje, pare de dar um jeitinho em sua vida! Pare de se desesperar, confie em Deus. Ele não falha, Ele não se esquece de você, nunca!

Links Legais 31/08

Bom dia irmãos!

Seja muito abençoado nessa sexta feira com links edificantes para a sua vida!



Pastores ou gerentes de lojas? (via Púlpito Cristão)

"Jesus fracassou em sua missão" diz enredo do filem de Renato Aragão (via Púlpito Cristão)

IURD lança sistema de pagamento pelo Facebook (via Web evangelista)

Bizarrice gospel: culto dos príncipes e das princesas (via Pavablog)

Você adicionaria o Apóstolo Paulo? (via iPródigo)

Estamos sempre a procura de algo maior (via PCamaral)

Como podemos detectar uma forma de entretenimento maligna? (via Bereianos)

"Coincidências" divinas (via Sai do Muro)

Pastor "cheira" Bíblia e causa polêmica (via A Jumenta de Balaão)

O tratamento do Pai (via lagoinha.com)

O melhor travesseiro que conheço (via Hospital da Alma)


Bom fim de semana, irmãos!

30 agosto 2012

A Armadura de Deus 4/4

A paz do Senhor, amados!

Hoje vamos postar a ultima parte da mensagem A Armadura de Deus.

Parte 1: Como devemos estar?
Parte 2: Com quem havemos de lutar?
Parte 3: Qual o objetivo da luta?


A ARMADURA DE DEUS
Efésios 6:10


4. Quais as nossas armas? 

a) Cingidos com a verdade. Vestido com a verdade

A palavra cingidos quer dizer vestir, ou seja, estejam vestidos com a verdade. Se a maior arma do diabo, é a heresia, é a mentira, não podemos vencer se utilizarmos as armas dele. Aqui o apóstolo deixa claro, que nossa maior arma contra o diabo é estarmos vestidos com a verdade, um pouco de mentira já nos faz derrotados. A verdade diariamente, a verdade das escrituras, a verdade na mente, a verdade da nossa real luta, de nosso verdadeiro adversário, esta verdade irá nos fazer vencedores. Um pouco apenas de mentira, faz do diabo vencedor.


b) Couraça da justiça Protegia o peito, coração
Um soldado romano utilizava uma couraça para cobrir seu peito, para não ser ferido no coração, assim o apóstolo nos manda vestir a couraça da JUSTIÇA. Essa couraça da justiça divina, mostra que quando formos a batalha, sabermos que é Deus quem nos justifica, que não somos justificados por nossos atos, que na verdade, nada fazemos de justiça. Em Isaías o Senhor nos diz que nossa justiça é para Ele um trapo de imundícia Isaías 64:6. Assim Paulo diz que em nossa batalha, não podemos dizer que estamos prontos, estamos santos, como muitos crentes dizem. Por mais que oremos, por mais que jejuemos, por mais que não tenhamos casos extraconjugais, não somos justificados com nossas atitudes, pois desejamos, pensamos, e isto apenas basta para sermos como um trapo de imundícia para Deus. A couraça da justiça é para ser colocada na região em cima do coração e dizer "Eu sou justificado pelo Senhor, a morte de Cristo, seu sacrifício me torna justo, me torna santo, não devo ir a batalha espiritual sem a couraça da justiça divina".


c) Calçai os pés com a preparação do evangelho
São os pés que me fazem locomover, são os pés que fazem o corpo sair do lugar, com os pés caminhamos, e aqui Paulo diz que devemos calçar os pés com a preparação do evangelho. Estar preparado com o evangelho, me faz caminhar na vida cristã, me faz vencer as trevas, me fazer prosperar no caminho com Cristo. Sem os pés devidamente calçados com a preparação do evangelho, minha vida não anda, minha vida não sai do lugar, e quando sai, vivo a pisar as ciladas do inimigo. Uma criança nasce, e não anda imediatamente, ela precisa ser levada no colo, e conforme vai crescendo, vai aprendendo a andar, assim somos nós. Notem que os apóstolos foram ensinados por Cristo durante três anos e meio, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia, e mesmo Paulo, após sua conversão no caminho de Damasco, após o batismo, foi a Arábia e lá permaneceu por dois anos, e depois foi enviado a Tarso, e somente foi fazer a primeira viagem missionária anos após sua conversão, pois estava aprendendo do Senhor. Não há como caminhar sem calçar os pés com a preparação do evangelho, os que fazem estão sempre machucados.

d) O escudo da fé
O escudo era algo que o soldado utilizava para se defender de flechas do inimigo, ele sempre colocava o escudo a sua frente, e assim as flechas inimigas eram contidas pelo escudo, que em muitas vezes, vinham com fogo na ponta, inflamadas para que ao entrar no corpo humano, não apenas perfurasse mas queimasse os órgãos internos como pulmão, coração, fazendo aquele soldado inútil para seu exercito. Da mesma forma Paulo nos manda usar o escudo da fé, pois a maior arma do diabo é a mentira, a dúvida, e a maior arma de Deus é a certeza. Não podemos duvidar de Deus e crer na mentira do diabo.
Você já passou noites sem dormir, indignado, com medo, com raiva de alguém ou de uma situação?Possivelmente você estava passando por uma batalha espiritual, em sua mente estavam duelando a verdade contra a mentira, e quando estamos nessa situação, certamente satanás esta vencendo, pois não usamos o escudo da fé, e assim, os dardos inflamados do malignos entram em nossa vida, e estão queimando nos por dentro. Toda vez que o diabo o fazer pensar que sua luta é contra alguém, esposa, marido, filho, ou amigo e irmão, rejeite isso imediatamente, toda vez que o mau lhe fazer pensar que você será destruído, coloque o escudo da fé na frente e não permita que os dardos inflamados do maligno penetrem sua mente.

e) O capacete da salvação
O Capacete, como todos sabem é utilizado na cabeça para proteger sua cabeça de qualquer ataque do inimigo, e notem que é a ultima parte da armadura de Deus que serve como defesa, pois não podemos atacar sem antes estarmos bem protegidos. Assim Paulo nos diz para usarmos o capacete da salvação, ou seja, você é de Cristo, já se batizou, crê no Senhor, já se vestiu com a verdade, já utiliza a couraça da justiça, já foi preparado com o evangelho, sabendo usar o escudo da fé, então ponha na sua cabeça que você é salvo,não deixe satanás colocar duvidas quanto a sua salvação. Entenda de vez que você é de Cristo e nada e nem ninguém te poderá te separar do Senhor.

f) A espada do Espírito
Após vermos cinco peças da armadura de Deus que trata da segurança, da defesa do guerreiro cristão, Deus nos dá uma arma de ataque.Após estarmos cingidos de toda certeza de Deus em nós, não porque somos bons , mas sim porque a Justiça divina esta em nós, podemos utilizar a espada do Espírito para atacar os poderes, os principados e potestades do mundo espiritual. Com o agir o Espírito em nossas vidas através da palavra de Deus, a espada é a palavra de Deus, que estando em nós, nos defende da mentira, do engano, da dúvida. Eva caiu nas artimanhas do diabo, pois estando debilitada da palavra, não ofereceu resistência as mentiras satânicas, e assim caiu no pecado, já Cristo ao ser tentado, primeiro se defendeu com o escudo da fé, e depois o atacou com a palavra de Deus. A palavra de Deus é nossa forma de atacar o mundo das trevas, é confessando a palavra que temos vitória, é atacando diariamente com a espada do espírito que as trevas irão ruir e cair, desmoronar diante de nós.


Bom, é isso irmãos! Gostaram das mensagens comentadas?

Deus te abençoe! 

#Deusfalanotwitter 30/08

#Deusfalanotwitter... Deixe Ele falar com você!


"O Filho de Deus se fez homem 
para que os homens se tornassem filhos de Deus"


"Tome uma decisão hoje de, não importa quanto tempo demore
 ou quão difícil seja, você vai ser tudo 
o que Deus quer que você seja"



"Se nós amássemos uns aos outros como queremos ser amados,
 o mundo mudaria do dia para a noite"




"Até satanás pode usar a Bíblia para o seu próprio propósito"


Deus te abençoe!

29 agosto 2012

Sonhos - Culto de jovens

A paz do Senhor irmãos!

Sábado tivemos em nossa igreja um culto de jovens, mas se você é de outra igreja e não pode ir eu fiz um resumo da pregação para que você possa ser abençoado também!



SONHOS

Sonhos. Quem não tem um? Ainda mais os jovens. Na infância você tem vários sonhos loucos que as vezes não são muito viáveis, mas é na juventude que nós lapidamos estes sonhos, começamos a planejar, criar metas, e finalmente na idade adulta começamos a concretizar nossos objetivos.

Para falar sobre sonhos e sobre jovens é interessante falar sobre Davi, na vida deste jovem rei podemos ver 4 lições sobre os sonhos.

1- Os seus sonhos não são seus, são de Deus.
Você não precisa se preocupar se algo irá ou não acontecer, não precisa se desesperar. Os sonhos que nós temos foi Deus quem nos deu, foi Ele quem planejou cada um deles antes de nascermos, e nada pode impedir que aconteçam. Davi era o menor de seus irmãos, o mais rejeitado, ele nunca pensou que poderia se tornar rei. Mas Deus levou o profeta Samuel a sua casa para plantar nele este sonho. ( I Samuel 16:12) E se o sonho é de Deus não há nenhuma possibilidade de ele não se cumprir. Procure saber se o seu sonho honra a Deus e se é da vontade de Deus, e então saberá que o sonho não é seu, mas muito antes de você nascer Deus já havia sonhado.

2- Aja de acordo com o seu sonho
 Quando Saul precisou de alguém para tocar em seu palácio, a primeira pessoa de quem se lembraram foi de Davi. Davi já era reconhecido, mesmo antes de ser rei, pela sua aparência gentil, por ser homem de guerra, por ser bom no que fazia etc (I Samuel 16:18). Antes mesmo de ser rei Davi já começou a agir como um, já começou a desenvolver as qualidades que se admira num rei.
Quando Golias afrontou os israelitas o rei Saul ficou atemorizado, porém o coração de Davi se intrigou e não permitiu que o gigante atacasse o exército do Deus vivo. (I Samuel 17:45-47).
Assim como Davi, comece a agir de acordo com o seu sonho, se você quer um bom emprego comece a estudar, se você quer passar no vestibular comece a se empenhar, se você quer arranjar um namorado seja uma pessoa dócil e de bom caráter. Não adianta ficar esperando as coisas acontecerem, adquira as qualidades necessárias, comece a ser agora mesmo quem você quer ser no futuro!

3- Não tente apressar o sonho
Certa vez, quando o rei Saul procurava matar a Davi, entrou na caverna em que Davi estava e não percebeu que ele estava lá. Davi viu aquela como a oportunidade perfeita para matar Saul  enfim tomar o trono, então cortou uma pequena parte do vestido de Saul. Naquele mesmo momento Deus falou ao coração dele, e ele se sentiu mal por querer matar Saul e apressar o plano de Deus. (I Samuel 24: 3-6)
Da mesma forma, não tente fazer as coisas do seu jeito, apressar o plano de Deus. As coisas vão acontecer naturalmente, de acordo com a vontade de Deus. Antes de tomar uma atitude pense se é uma oportunidade que Deus te deu ou se é só você agindo ansioso para apressar o plano de Deus.

4- Enquanto o sonho não vem
Davi sofreu diversas perseguições, e escreveu salmos a respeito de várias delas. No salmo 3 Davi fala de como é grande o numero de seus problemas e do tamanho de suas aflições, mas logo em seguida declara que Deus é o seu refúgio e a sua fortaleza.
No momento em que você sentir que os seus sonhos nunca vão se realizar, ou que tudo ao seu redor parece contrário, faça como Davi, ore e confie em Deus! Enquanto o sonho não se realiza Deus quer te ensinar a confiar e a louvar.

Música: Mesmo sem entender Thalles Roberto
Espero que Deus fale com você como falou conosco no Culto de Jovens!

Deus te abençoe!

A Armadura de Deus 3/4

Bom dia, irmãos!

Hoje teremos a terceira parte da mensagem "A Armadura de Deus". Pra quem não sabe dividimos a mensagem em quatro partes. Se você ainda não viu as outras parte pode clicar aqui para ver a primeira parte e aqui para ver a segunda. Amanhã divulgaremos a quarta e ultima parte da mensagem!



A ARMADURA DE DEUS
Efésios 6:10



3. Qual o objetivo da luta?
a) Tomai toda a armadura de Deus. 6:13
Devemos usar toda a armadura de Deus, desde o calçado da preparação do evangelho, até o escudo, espada, couraça, nada pode ser ignorado, pois nessa luta podermos perder a vida, ou sair extremamente ferido.
Você já viu um crente ferido? Todos já vimos, pessoas que cansaram, que estão no mundo, azedos, raivosos, com medo de tudo e de todos, mas porque estão assim? Porque foram a batalha espiritual sem utilizar toda a armadura de Deus. 

b) Para que possais resistir no dia mau. 6:13
Usando toda a armadura de Deus, podemos resistir no dia mal, o diabo não prevalece, nós o resistimos fortemente, e como diz a escritura, ele fugirá de nós. Tiago 4:7.
O dia mau vem pra todos, mas a diferença esta naqueles que utilizam toda a armadura de Deus, se não utilizar, você será outro desviado, azedo, com medo com raiva porque em sua vida nada da certo, mas utilizando toda a armadura de Deus, você irá resistir ao diabo, e ele vai fugir de ti certamente.

c) E depois permanecer inabaláveis. 6:13
Após utilizar toda a armadura de Deus, mesmo em densas trevas, mesmo em meio a tempestade, mesmo em meio a uma batalha feroz, nós nos tornamos vencedores em meio a tudo isso. Romanos 8:35 a 39, assim nos tornamos inabaláveis.



Deus te abençoe irmão! E não perca amanhã a última parte desta mensagem!

28 agosto 2012

A Armadura de Deus 2/4

A paz do Senhor irmãos!

Hoje vamos dar continuidade a série de posts sobre a mensagem "A armadura de Deus".
Se você não viu o primeiro post clique aqui.
Segue.


A ARMADURA DE DEUS 
Efésios 6:10

2. Com quem havemos de lutar. 

a) Não com homens 6:12
Embora estejamos a sofrer com ataques de seres humanos, pessoas usadas pelo mau para nos atingir, o joio que veio ao mundo para confundir os cristãos, a nossa luta não é contra homens, seres humanos, nossa adversário tem estratégias diabólicas contra nós,querendo nos desviar a mente, e fazer nos pensar que nosso problema esta com pessoas deste mundo, enquanto pensarmos que nossa luta é contra seres humanos, ou com a crise financeira, ou com o desemprego, ou com a fome, estamos enganados, e as trevas prevalecem contra nós. 

b) Contra os poderes do mundo do mau 6:12
Nossa verdadeira batalha, é contra os poderes do mundo do mau, nem é contra qualquer demônio, que esta sendo comandado por lideres do mundo das trevas, nossa verdadeira luta, é contra uma poderosa organização maligna do mundo espiritual, contra estrategistas, poderes, dominadores, príncipes das trevas,é com eles que temos que guerrear. São eles que usam os servos deles deste mundo para nos enganar, para nos fazer tropeçar, para nos fazer perder tempo com coisas vãs.


Deus te abençoe irmão! Amanhã tem o terceiro post da série "A Armadura de Deus".

27 agosto 2012

A Armadura de Deus 1/4

A paz do Senhor!

Hoje, como de costume, eu ia fazer um resumo da mensagem que foi pregada ontem na igreja. Porém, hoje de manhã o Pastor Edson me mandou o esboço da mensagem todo comentado e achei interessante dividir a mensagem em 4 posts pra não ficar cansativo e pra que você consiga entender tudo de forma bem detalhada.

O tema da mensagem foi a Armadura de Deus, um texto bem conhecido do livro de Efésios. Então aproveite e nos deixe saber se você gosta desse tipo de postagem!

Segue a primeira parte da mensagem escrita pelo próprio Pastor Edson:




A ARMADURA DE DEUS 
Efésios 6:10 

O apóstolo Paulo, sabendo das lutas que haveriam de vir sobre a igreja do Senhor, das heresias que haveriam de perturbar a fé cristã, escreve a carta aos Efésios, e ensina como vencer a batalha espiritual. Qual é a nossa luta ? Com quem havemos de lutar ? Quais as armas que devemos usar e assim permanecer Inabaláveis,e ficar firmes no Senhor?


1. Como devemos estar? 

a) Sede fortalecidos no Senhor 6:10
Devemos estar fortalecidos no Senhor, embora Paulo mostre a figura de um soldado romano mais a frente, Paulo deixa claro, que devemos estar firmes é em Cristo, na palavra, e isso vai na contra mão do mundo, que pensa que devemos estar firmes fisicamente, com armas deste mundo, preparados profissionalmente e financeiramente. Aqui o apóstolo deixa claro, que nossa preparação, nossa fortaleza, deve estar unicamente no Senhor, e não em nós mesmos, nada físico, e sim, espiritual. 

b) Revesti-vos de toda armadura de Deus 6:11
A partir desse momento , o apóstolo começa a mostrar a figura de um soldado romano, que ia para uma batalha, todo armado, com espada, capacete, couraça.
Paulo quer que a igreja se revista não da armadura de um soldado romano, mas apenas dá exemplo, para que a igreja lute na batalha espiritual, e se revista da armadura de Deus, e não de homens, sabendo que nossa batalha é espiritual e não física. 

c) Para poderdes ficar firmes 6:11
Indo na contra mão do mundo físico, a única forma de permanecermos firmes, inabaláveis, é vestirmos a armadura de Deus. De forma alguma as armas físicas poderão nos manter firmes.
Assim como a armadura de um soldado lhe dá segurança, assim a armadura de Deus, nos mantém firmes, mas uma coisa havemos de notar: um soldado, embora usando a sua armadura física, podia morrer, se machucar, e não eram poucos os que caiam nas batalhas. Mas Paulo afirma, que uma vez utilizando a armadura de Deus, certamente ficaremos firmes, inabaláveis.


Logo postaremos a segunda parte da mensagem!
Deus te abençoe!

Imagens para compartilhar no FACEBOOK - 27/08

Vamos falar da palavra de Deus no Facebook também? Vamos?... Então compartilha!















25 agosto 2012

A perfeição da Beleza

A paz do Senhor, irmãos!

Para o vídeo dessa semana escolhi este poema recitado por Blair Linne, parte do 4º cd do rapper cristão Shai Linne.

O poema fala sobre a beleza de Deus, sobre como nós vemos beleza em corpos humanos, revistas, maquiagem, quadros, enxergamos beleza na criação de Deus, mas não conseguimos ver a beleza do próprio Criador. Contemplamos a beleza humana e nos maravilhamos, mas isso é contentar-se com tão pouco! Se pudéssemos enxergar a beleza de Cristo compreenderíamos que a beleza não está nos olhos de quem vê, mas é o próprio Deus!

Há uma frase neste vídeo que para mim o resumo todo: "Apenas Tu És belo, todavia, invisível. A verdadeira beleza é espiritual!"

 


Segue a tradução:

A beleza é vendida em troca de centavos.
Não Te consideramos atrativo, mas adoramos sem problema a Tua criação.

Cativados pelo seu fruto proibido,
agradando nossos sentidos, nós suprimimos a verdade
e comemos a mentira.

A folha de figo da mídia embotando a nossa alma e mente,
o pecado nos cegando para Ti.
A única beleza objetiva que é verdadeiramente absoluta
escondida na simetria de Tua bondade, glória e verdade.

Cada atributo trabalhando harmoniosamente:
Justiça com paciência, ira com graça,
onipotência com humildade, longanimidade com fidelidade.

Cada um como uma nota de uma doce melodia;
o hino final intitulado: “A Beleza de Deus”.

Imutável, nenhuma mudança.

Porque moedas se perdem em devaneios em sarjetas escuras,
incapazes de ouvir o chamado: “Acorde!”.

Elas, a armadilha, gotejando madressilva,
com lábios colados de maquiagem;
se elas de fato enxergassem a Tua beleza,
Tu farias revistas e a Mattell irem à falência.

Tu enviaste Teu amado para ser levantado
em uma linda, mas aparentemente feia cruz.

A imagem visível de Tua ocultação.
Apenas Tu és belo e, todavia, invisível.

A verdadeira beleza é espiritual.
Portanto, santifique as nossas mentes mundanas.

Tua natureza é desagradável para olhos lascivos.
Ademais, sem o novo nascimento em Cristo,
pecadores contemplando a Tua santa beleza morreriam.

Portanto, “a beleza está nos olhos de quem vê” é uma mentira.
Ela é encontrada somente no Único Belo – O Altíssimo.



Deus te abençoe!

24 agosto 2012

Não seja um desgraçado!


Você deve ter se espantado ao ler este título, mas eu gostaria de falar um pouco sobre GRAÇA e DESGRAÇA.

Quando, na pregação, o pastor pergunta à igreja: “O que significa graça?” Nós podemos ouvir um grande e bonito coro respondendo: “Favor imerecido!”. Mas muitas vezes nós nos esquecemos do significado da graça em nossas vidas.

Alguém que vive debaixo da graça está sempre feliz, grato, esperançoso. Esta pessoa sabe o que seria dela se não fosse a mão de Deus em sua vida. Quem sabe o que é graça não reclama, não murmura, não se revolta contra Deus, porque sabe que não merece nada que venha Dele. Quando nós passamos a conhecer a graça de Deus sobre nossas vidas, até o dia mais nublado e chuvoso se torna belo e ensolarado, ou como está escrito em Salmos 84: “Bem aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados. Que, passando pelo vale de árido, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques.” Quem realmente sabe o que é graça, mesmo quando passa por tribulações, agradece a Deus, O louva, está feliz.

Mas e quem não conhece a graça? Este não para de reclamar! Quem não sabe o que é graça está sempre insatisfeito, perturbado, maledicente, porque não sabe que sem a poderosa graça de Deus ele não estaria ali, não poderia conversar com o Pai e nem ter um relacionamento com Ele. Esta pessoa acha que merece algo de bom que venha de Deus, pensa que Cristo tem a obrigação de abençoá-lo, quando na verdade, Deus é quem age com graça ao nos dar tribulações para que possamos crescer espiritualmente: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência. E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.” Romanos 5:3-4. Esta pessoa fica amarga, decepcionada... Desgraçada! Isso mesmo, esta é a mais perfeita palavra para descrever esta pessoa, Desgraçado!

Que palavra forte! Ao falarmos a palavra “desgraçado” nós nem imaginamos que ela esteja tão ligada à graça de Deus, pois um desgraçado é simplesmente desprovido de graça, logo, quem não conhece a graça de Deus é um desgraçado.

Que a partir de hoje nós possamos valorizar mais a graça de Deus e a sua misericórdia, que são a causa de não sermos consumidos. A começar de agora, sinta a graça, veja a graça, viva a graça de Deus!

                                                                                                                                                                      

Links Legais 24/08

Bom dia irmãos!

Segue mais uma vez os Links Legais de sexta feira!




As três Peneiras de Paulo (via Púlpito Cristão)

Quem é o seu próximo? Bem, quem é você? (via Voltemos ao evangelho)

Nada em minhas mãos eu trago (via Ao único deus verdadeiro)

Maslow versus Paulo (via iPródigo)

Chatonildo em: visão além do alcance (via Eu sou mais crente que você)

Confie em seus instrumentos (via iPródigo)

Hábeis na palavra de Deus (via PCamaral)

Bela Homenagem (via Voltemos ao Evangelho)

Ore como se não pudesse, eduque como se pudesse (via Bereianos)

Jesus na célula - crescendo e aprendendo (via Púlpito Cristão)


Bom fim de semana!

23 agosto 2012

Indigne-se!

"De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados." Lamentações 3:39


Li recentemente uma mensagem na página do Facebook do Presbítero Benedito a respeito deste texto. Achei muito interessante. 

O irmão dizia que nós nos indignamos com diversas coisas. É costumeiro ouvir que essa geração é acomodada, enquanto antigamente haviam várias rebeliões, greves etc. Somos até mesmo estimulados a nos revoltar, criticar: o sistema governamental, a política, nosso emprego, as leis, a conduta das pessoas etc. Porém quantas vezes você ouve alguém dizendo para você ficar indignado consigo mesmo? É  provável que seja raro. 

Sabe qual o remédio de Deus a respeito da indignação? Olhe para o seu pecado. Sabe como Deus resolve o seu descontentamento? Incomode-se com o seu pecado, lamente por ele, faça dele o seu maior desgosto! 

Não estou dizendo que devemos nos acomodar diante das situações alheias, mas que o nosso maior inimigo somos nós mesmos, nosso pecado! Nós conseguimos chorar diante de um filme triste ou de uma situação problemática, mas com que frequência você chora lamentando-se do seu pecado, quantas vezes você chora se arrependendo aos pés de Deus?

Nenhum prazer terreno pode nos roubar o foco em Deus, e da mesma forma nenhum mal terreno pode ser pior para nós do que a nossa própria transgressão. 

A graça de Deus afastou de nós o nosso pecado e por isso não precisamos nos preocupar com Ele, mas ao nos lembrar deste imenso amor que pagou todos os nossos pecados poderemos entender que Deus tem o controle de todas as coisas, inclusive do que achamos ruim ou mal.

Apesar de Deus já ter pago nossos pecados, nós ainda pecamos. Não podemos aceitar o pecado, não podemos nos acostumar com ele, mas lutar contra ele todos os dias. O apóstolo Paulo fala que o bem que ele deseja fazer não consegue, e o mal que não quer fazer acaba fazendo, esta frase mostra a sua luta diária contra o pecado, desta mesma forma temos que resistir ao pecado.

Se for para se indignar, antes seja com o seu pecado!

#Deusfalanotwitter 23/08

Bom dia pessoal!

Já que todo mundo gostou bastante do especial Rick Warren na semana retrasada, essa semana teremos um #Deusfalanotwitter especial do Thiago Grulha, que é cantor, compositor e poeta. O perfil dele no twitter é @thiagogrulha.













E aí, gostou? Comente e compartilhe!

Deus te abençoe!

22 agosto 2012

Reflexão: Desistindo de si mesmo

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
Filipenses 4:8


Pra quem não sabe, eu estudo Ciências contábeis. Já estou no 6º semestre e termino a graduação em dezembro do ano que vem. Eu e os alunos da minha sala estamos na reta final do curso, já nos preparando para o trabalho de conclusão de curso.

Recentemente, como de costume entre os professores novos, um professor pediu para que cada aluno se apresentasse dizendo o nome, onde trabalha e que área gostaria de seguir dentro da contabilidade. Ouvimos alguns falando que gostariam de seguir a carreira de auditores, outros peritos ou de controladoria e daí em diante. Mas me chamou a atenção uma moça, que quando questionada sobre qual ramo gostaria de seguir ela disse: "Não quero ser contadora e não quero seguir essa área também. Descobri que não gosto de contabilidade".

A faculdade, como você deve saber, exige muita dedicação, várias noites estudando, deixar um passeio com os amigos etc, mas nós fazemos estes sacrifícios por saber que no final valerá a pena receber o diploma e poder atuar na área que amamos. Mas ela só fazia faculdade porque já estava tarde para desistir e começar outro curso. Fiquei pensando que esta moça teria que viver para sempre sendo alguém que ela não quer ser e fazendo algo que ela não gosta de fazer. É um peso muito grande!

E neste momento Deus tocou o meu coração e me mostrou que por diversas vezes eu guardo em meu coração arrependimentos de pecados que Ele já perdoou, rancor de dores que já passaram, mágoa de ressentimentos que já deviam ter sido perdoados. Todas estas coisas nos prendem de forma que vivemos nos esforçando ou sofrendo por coisas que não são necessárias, conseguimos passar anos carregando mágoa, arrependimento, ressentimento, rancor que fazem de nós pessoas ranzinzas, estressadas, que não conseguem mais confiar, enfim, pessoas que não queremos ser.

Eu só conseguia pensar que o melhor que aquela moça tinha a fazer é desistir daquele curso e seguir uma área com a qual ela realmente se identifique, quanto antes ela desistisse da contabilidade mais rápido teria sucesso naquilo que realmente gosta. Da mesma forma Deus me convidou a desistir da ansiedade, desistir do arrependimento, da preocupação... quanto antes desistirmos da nossa velha forma de agir, antes seremos aquilo que Deus quer que sejamos! Eu pensei: "como ela conseguiu passar tanto tempo fazendo algo que odeia?" e Deus falou pra mim "como você conseguiu guardar mágoa por tanto tempo? Porque não perdoa logo? Como você consegue sentir culpa por tanto tempo? Eu já te perdoei e já esqueci. Como você consegue ficar tão preocupada? Eu já resolvi isso pra você!"

Se Deus já perdoou, também posso perdoar. Se Deus já esqueceu eu também posso. Se Deus já preparou, porque se preocupar?

Passe hoje mesmo a viver a vida que Jesus morreu para que você vivesse, desista de si mesmo, pare de insistir em guardar o que ocupa tanto espaço no seu coração. Só quando estivermos vazios de nós mesmos e dos nossos próprios pecados e dores estaremos livres para ser o que Deus quer de nós, e o que Ele quer não é nada menos do que o melhor!

Você tem exposto Cristo quando você prega?



“Oh gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado?” Gálatas 3:1

Olá queridos irmãos!

Esta semana, no estudo sobre gálatas, falamos sobre o capítulo 3. Mas gostaria de compartilhar com vocês uma parte muito interessante do estudo. Estou lendo um livro que tem comentários de Gálatas escritos por João Calvino. E ele escreveu um texto falando sobre o verso acima e é sobre isto que quero falar.

A forma como o apóstolo Paulo escreveu mostra a sua grande indignação com os gálatas que trocaram o evangelho verdadeiro por obras e cerimônias da Lei. Mas Paulo dá um exemplo muito interessante, ele diz que quando falou do evangelho de Cristo, foi como se tivesse exposto a imagem de Jesus crucificado aos gálatas e, por isso, era tão inadmissível que eles trocassem este evangelho tão claro e revelador por outro, que apenas deturpa a imagem de Cristo.

Eu me apeguei a esta palavra de tal forma que comecei a pensar se, ao pregar a palavra de Deus para as pessoas, tenho transmitido esta visão de Cristo tão verdadeira. Será que quando eu prego, quando ministro, quando escrevo (como estou fazendo agora) consigo expressar o amor de Deus com tanta clareza, a ponto de fazer os ouvintes e leitores verem, como se na sua frente, Cristo sendo crucificado por seus pecados? Será que as pessoas que ouvem as minhas palavras podem conhecer a Cristo como se O tivessem visto, ou convivido com Ele? Será que posso ter esta segurança em meu coração, de que o evangelho que trago comigo é aquele que Paulo pregou, é aquele que pode expor a imagem da crucificação de Cristo ao mundo? Será?

Isto é muito forte! E no livro em que li, Calvino ainda continua dizendo que as igrejas precisam deste evangelho, e de mais nenhum. A frieza espiritual que, muitas vezes domina as reuniões das igrejas é devido à falta deste evangelho, o puro e verdadeiro evangelho. Com a presença destes “pintores” tão especiais, a igreja não carece de mais nada. Prédios, palcos, belas construções, equipamentos de ponta etc. Tudo isso se torna desnecessário quando se é pregado um evangelho em que Cristo é exposto em sua verdadeira imagem.

Que nós possamos ser estes “pintores” que Calvino cita e que possamos entender que esta mensagem não virá de nós. Por mais eloquente a linguagem do pregador, a única garantia de um evangelho verdadeiro é a presença do Espírito Santo.

Deus abençoe a todos vocês, e que Ele lhes conceda o único evangelho que a Igreja necessita: aquele que expõe a imagem de Cristo crucificado ao mundo.

21 agosto 2012

Culto de Jovens - Dia 25 de agosto



Você é nosso convidado especial para o vir ao Culto de Jovens. Venha adorar a Deus com a gente! Vai ter muita música, dança, palavra, união, alegria, oração e até comidinha! Você não pode perder!

Dia 25 de Agosto, ás 19.30. Rua Roberto Bianchi, 133, Parque Suzano, Suzano, SP.

Revelando a Glória de Deus, como os céus!



“Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.” Salmos 19:1
Olá queridos Irmãos! A Paz de Jesus a todos!

Hoje gostaria de compartilhar algo que Deus me mostrou durante a viagem que fiz nas férias a Curitiba.

Quando viajei até lá, fui de avião com meu pai e minha irmã. E esta foi a primeira vez em que tive a oportunidade de andar de avião. Para mim, foi uma experiência incrível! Ver as nuvens, o Sol, os pássaros, os prédios ficando cada vez menores. Foi algo inesquecível!

Mas durante esta experiência tão maravilhosa, Deus começou a falar comigo, o que tornou esta viagem ainda melhor! Enquanto eu via os céus se abrindo, as nuvens cobrindo campos tão bonitos, só conseguia declarar uma coisa em minha mente, um único versículo: “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento revela o poder de suas mãos!”(como está escrito em algumas versões).

Se olhando daqui debaixo o céu já é lindo, imagine de lá de cima! E o que Deus me dizia era que esta beleza toda só serve para um motivo: dar glórias a Deus. Ou como diz o versículo que citei, revelar o poder de suas mãos. A natureza exala Deus a todo instante, não há como contemplar a beleza das plantas, dos animais, os seus instintos variados, as leis da física, a gravidade, o sol, a lua, as estrelas, a chuva e o próprio ser humano e não ver a mão de Deus. Não tem como!

Mas agora pense comigo, como podemos mostrar as obras das mãos de Deus em nossas vidas? Fiquei pensativo quanto a isto. Mas encontrei a resposta na própria natureza, pois ela revela o poder de Cristo em seu dia a dia. Ninguém precisa dizer ao céu: Seja bonito hoje. Ninguém precisa dizer as flores: encantem a todos com seu aroma irresistível. Não. Ela (a natureza) revela a beleza Daquele a quem a criou simplesmente no seu ser, no seu viver. E nós devemos mostrar e revelar a glória de Deus através dos nossos atos, da nossa natureza.

Para adorar a Deus não é preciso saber cantar bem, tocar algum instrumento, pregar, ensinar etc. Só é preciso viver para a glória Dele, fazer tudo como se fosse para Ele. Assim nós podemos revelar o poder das mãos de Deus facilmente, como os céus fazem todas as manhãs.

 Espero que esta mensagem tenha falado com você assim como falou comigo, dentro do avião. E me fez mudar pequenas atitudes, para enfim poder exalar Cristo no meu ser.

20 agosto 2012

Bem aventurados os que não viram

"Depois disse Jesus a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente. (...) Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram." João 20:27e 29


O Pastor Edson conversava comigo a respeito deste texto onde Tomé se recusava a acreditar que Cristo havia ressuscitado a não ser visse as marcas dos cravos em suas mãos. Mas o que estávamos realmente comentado é a frase de Cristo depois de mostrar as tais marcas para Tomé: "Você creu somente porque viu, mas bem aventurado aquele que não ver e mesmo assim crer!"

Deus quer que sejamos fortes na fé, a ponto de não cremos por causa de visões, milagres, promessas etc, mas somente por causa da nossa fé em Deus. Quando Deus nos revela aquilo que irá acontecer, independente do modo que Deus use para isto, está tirando de nós a chance de crescer em fé, está tirando a nossa bem aventurança de sermos heróis da fé!

No livro de Hebreus é relatado a vida de diversos homens chamados heróis da fé, que não puderem ver o cumprimento da promessa mas viveram os seus dias crendo que ela se cumpriria. Quando fala sobre Abraão, o autor de Hebreus diz que ele vivia em tendas, por estava esperando pela Nova Jerusalém, isso é fé. Abraão morreu sem ver Jesus, sem ver a Terra Prometida, mas creu até o fim. (Hebreus 11:8-10)

A cada tribulação em que você se sente sozinho e mesmo depois de orar pedindo a Deus discernimento ou livramento e Deus não te responder, saiba que não é porque Ele é mal ou porque não ouve a sua oração, mas porque quer te ensinar a confiar sem reservas, a crer sem precisar ver. 

Deus somente se revela de forma mais concreta a pessoas que já tem a sua fé firmada Nele, assim não irão crer mais ou menos por causa de uma profecia, visão ou sonho. Quando aprendermos a confiar em Deus e a nossa fé for inabalável então Ele poderá se revelar de forma mais profunda a nós. Mas enquanto não aprendermos isso Ele deseja que creiamos, mesmo sem ver para que a nossa fé cresça e a nossa bem aventurança seja ainda maior!

Bem aventurados somos nós, que não vimos mas cremos!

Imagens para compartilhar no Facebook - 20/08

Compartilhe mais da Palavra de Deus no seu Facebook! Seja Luz! Seja sal!
















Tenha uma ótima semana!

18 agosto 2012

Mentiras enrustidas

Bom dia, irmãos!

Antes de qualquer coisa, gostaria que você assistisse a este vídeo, tem apenas um minuto e é uma introdução a este post.



Deus falou comigo através deste vídeo, e principalmente através desta frase: "É possível contar um monte de mentiras dizendo somente a verdade". O vídeo mostra a importância da informação e da credibilidade da fonte da informação, podemos facilmente aplicar isto a nossa realidade no meio cristão.

As pessoas dizem nas igrejas que Deus pode curar, mas não falam que Ele também pode não curar. O apóstolo Paulo passou sua vida com um "espinho na carne" (II Coríntios 12:7) que possivelmente era alguma doença, Timóteo sofria de enfermidades no estômago (I Timóteo 5:23) e João Calvino, grande reformador declarou em suas cartas que sofria de até 40 enfermidades perto de sua morte. 

As pessoas dizem que Deus pode mudar sua vida financeira, mas não dizem que Ele também pode não mudar. Mais uma vez o apóstolo Paulo diz que sabia padecer necessidade (Filipenses 4:12) e o profeta Elias teve que ser sustentado por corvos (I Reis 17:4-6) e noutra vez por uma viúva pobre (I Reis 17:9-12).

As pessoas pregam que Deus acrescenta, mas não dizem que Deus nos mandou dividir. Na igreja primitiva Deus comovia de tal forma o coração dos crentes que aqueles que tinham algum bem vendiam e davam todo o lucro para a igreja, não para o bem dos apóstolos, mas para que fosse dividido entre os pobres. Adotaram uma vida simples, sem luxos e tinham tudo em comum. (Atos 2:44-46

As pessoas dizem que Deus nos dá alegria, mas não dizem que teremos aflições. Pedro diz que não devemos estranhar as provações mas nos alegrar por sermos injuriados por causa de Cristo e deu o exemplo do próprio Cristo que foi afligido e injuriado (I Pedro 2:19-21), Paulo diz que devemos nos gloriar nas tribulações (Romanos 5:3-4) e por fim Davi declara que a sua alegria vem da salvação e não de bens materiais(Salmos 51:12).

O que quero dizer é que Deus tem poder para fazer milagres, para nos dar vida próspera e nos abençoar, mas a principal dádiva que Deus nos deu foi a salvação através da graça perante a fé. Quando pregamos dando ênfase para qualquer coisa que não seja o caráter de Deus, suas obras e seus desígnios estamos tirando o foco de Deus e colocando no que Ele pode fazer. Ele pode fazer, mas isso não quer dizer que esta seja a Sua vontade, isto não quer dizer que este seja o plano Dele.

 Devemos estar felizes se Ele der ou não, se ele abençoar ou não, se ele prosperar ou não, se Ele curar ou não. Devemos manter o foco no coração de Deus e não em suas mãos, somente assim estaremos pregando a verdade e não mentiras enrustidas.

17 agosto 2012

Crescimento Espiritual




No culto de Quarta-feira nosso amado irmão Matheus pregou uma das suas melhores mensagens e nós gostaríamos de compartilhar com vocês essa palavra abençoada.

O tema da mensagem foi “Como obter crescimento espiritual”. Durante todo este mês de agosto ouvimos mensagens sobre a vida espiritual.

Em Colossenses 2.6-7 lemos: “Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele, arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças.”

É interessante como alguns de nós parece nunca crescer espiritualmente. Essas pessoas tem a síndrome de Peter Pan. Você se lembra desse desenho? O Peter Pan era um menino que vivia em um mundo mágico, mas nunca crescia, sempre continuava criança. Os seus amigos cresceram, casaram, tiveram filhos, mas ele permaneceu do mesmo jeito, uma criança. E quantos de nós continuamos crianças na fé, tendo que ser alimentados com “leitinho”, sem obter crescimento algum.

Em primeiro lugar precisamos entender que o crescimento espiritual começa desde que conhecemos a Cristo: “Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo”. O Espírito Santo está dentro de nós desde que recebemos o Senhor Jesus, Ele nos ajuda nas nossas fraquezas. Ele é nosso maior aliado. “E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” (Romanos 8:26)

Não é o grupo de oração que intercede por você, não é o pastor, não é um profeta, é o próprio Espírito de Deus que intercede ao Pai com gemidos, chorando e clamando por sua vida!

O crescimento espiritual tem 6 passos:

1. “assim também andai nele”

O dia a dia com Deus é muito importante para quem deseja obter crescimento espiritual. Não é possível crescer sem conhecer a Deus, sem ter intimidade com Ele. O Matheus contou um pequeno testemunho de uma colega de classe que se aproximou dele e perguntou se ele era cristão. Ele respondeu que sim, e ela disse que já havia percebido pelo seu jeito de falar, pois tinha reparado que ele falava da bíblia o tempo todo, até para falar com os professores!

2. “Radicados, arraigados”

Para crescer espiritualmente precisamos criar raízes em Deus, nos firmar, permanecer. A árvore mais estável e forte é aquela que tem as maiores raízes. O Matheus usou o exemplo do texto de Salmos 1.3 que diz que a árvore plantada junto a ribeiros de água dá os seus frutos, permanece com sua bela folhagem sempre e ainda prospera em tudo quanto faz. Quando você está enraizado em Deus o seu crescimento espiritual acontece muito mais rápido e abundante.

3. “Edificados”

É quando Deus passa a trazer beleza a sua vida e tirar tudo o que traz sujeira ao seu coração. Talvez seja um dos processos mais difíceis do crescimento espiritual, pois, na vida cotidiana, ninguém limpa algo com alguma coisa dentro, é preciso tirar tudo, limpar, esfregar, enxaguar, é um processo longo. Mas é neste processo em que somos edificados, e nos tornamos cada vez mais parecidos com Deus.

4. “Confirmados na fé”

Para crescer é preciso ter fé. E um dos últimos estágios do crescimento é quando Deus coloca dificuldades nas nossas vidas para provar a nossa fé. Deus quer que você saia deste processo forte, convicto, confiante Nele e para isso é preciso que Ele confirme a sua fé. Na mensagem, o Matheus usou o exemplo de José, que passou por vários problemas e dificuldades, mas continuou esperando em Deus. Mesmo não ouvindo a voz de Deus o consolando, mesmo não recebendo palavras de refrigério trazidas por um profeta, José confiou e confirmou a sua fé em Deus.

5. “Assim como fostes instruídos”

É imprescindível que aprendamos mais de Deus através de sua palavra, pois ela é o nosso guia aqui na Terra, nela temos instruções para todas as situações que podemos vivenciar. Deus não te abandonou aqui neste mundo, Ele se preocupou em deixar uma “bússola espiritual” para que você não se perdesse no caminho, não perdesse o foco, que é Jesus. Por isso leia a bíblia, siga os conselhos que nela estão, pois só assim você vai crescer. Além disso, você deve ouvir mais o seu pastor e líder espiritual. Muitas vezes pensamos que eles não sabem o que estamos passando ou que não podem nos entender, mas o seu pastor é quem o Senhor designou para guiar a sua vida, para te dar conselhos e te ensinar a palavra. Muitas coisas o Senhor revela primeiro para o seu líder e pastor, mesmo que você não fale nada. Por isso, ouça mais e respeite seu pastor, procurando seguir seus conselhos.

6. “Nela abundando em ações de graça”


O último estágio do crescimento espiritual é também o mais gostoso. Nesta fase entendemos os propósitos de Deus, e chegamos a agradecer por todo este processo de crescimento, até mesmo as dificuldades. Aqui nós podemos nos encontrar em um maravilhoso estado de graça. E ainda, nesta fase de ações de graças, você passa a dar graça aos seus irmãos, perdoando-os, entendo suas dificuldades e intercedendo por eles. Neste estágio, você consegue ver Deus em tudo, enxergar a sua mão nas mínimas coisas e está sempre grato a Deus em todas as suas obras.

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...