31 janeiro 2012

Devocional - II Coríntios 3.6-12 e 4.1-2

A paz do Senhor a todos!

Agradeço muito a Deus pela palavra que nos deu hoje. Veio de encontro com as necessidades do meu coração essa manhã; mais ainda, agora quando fui reler o texto e Deus confirmou a palavra! Sei que o Senhor também falará ao seu coração hoje.

O devocional está em II Coríntios 4.1-2:

"Portanto, visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Antes renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano nem torcemos a palavra de Deus. Pelo contrário, mediante a clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus."

Quando li este texto hoje de manhã, Deus já falou muito comigo, me encorajando a não desanimar. 
Falando a respeito de não perder o foco, muitas pessoas desanimam em seus ministério quando se deparam com "coisas vergonhosas, enganosas, pessoas torcendo a palavra de Deus", e isso as desanima a continuar. 
Gostaria de dizer que eu nunca procuro uma palavra no devocional que possa se encaixar às pessoas. Não fico imaginando o que poderia ser bom para alguém, pensando na situação que as pessoas estão. Eu e meu esposo simplesmente lemos a palavra de Deus juntos pela manhã. Isso mostra o quanto a palavra do Senhor é poderosa, porque sempre somos edificados com a verdade que é palavra de Deus.
Então não quero que pense que estou dizendo essas palavras para se encaixar com alguma situação que você possa estar vivendo. Se você tem visto enganação, coisas vergonhosas, pessoas distorcendo a palavra de Deus e isso tem te desanimado; você é mais um cristão incomodado com o Reino de Deus.
Nos últimos dias tenho me preocupado em falar do evangelho de Cristo através desse blog e tenho encontrado algumas dificuldades, pois as pessoas já não acreditam em um evangelho puro e verdadeiro. Alguns dias atrás, logo depois de ter postado o devocional no blog e no facebook, como faço todos os dias, eu vi um comentário de um amigo falando a respeito de pessoas que se dizem cristãos e falam absurdos em nome de Deus. 
Quando olhamos para tudo isso: heresias, "cristãos" mais mal educados do que ímpios, um evangelho corrompido,  falsos mestres, "pastores que a si mesmos se apascentam", "artistas gospel" e mais um milhão de coisas que poderíamos citar; podemos nos sentir desanimados, cansados e tentados a parar!

Mas veja o que o apóstolo Paulo diz no capítulo anterior, II Coríntios 3:

"Ele nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não de letra, mas do Espírito; pois a letra mata, mas o Espírito vivifica. O ministério que trouxe a morte foi gravado com letras em pedras; mas esse ministério veio com tal glória que os israelitas não podiam fixar os olhos na face de Moisés por causa do resplendor do seu rosto, ainda que desvanecente. Não será o ministério do Espírito ainda mais glorioso?
Se era glorioso o ministério que trouxe condenação, quanto mais glorioso será o ministério que produz justiça! Pois o que outrora foi glorioso, agora não tem glória, em comparação com a glória insuperável. E se o que estava se desvanecendo se manisfestou com glória, quanto maior será a glória do que permanece! Portanto, visto que temos tal esperança, mostramos muita confiança." II Coríntios 3.6-12

Paulo fala nesses versículos a respeito da ocasião em que Moisés desceu do monte com o rosto resplandecente, depois de ter estado com Deus face a face. Por causa disso, Moisés usava um véu em seu rosto e mesmo depois que o brilho da glória de Deus havia passado, ele continuava com o véu, para que o povo pensasse que ele ainda estivesse com a glória do Senhor em sua face.
O apóstolo faz um paralelo com a glória da lei, que desvanecia, com a glória do ministério do Espírito Santo, que permanece. "Se era glorioso o ministério que trouxe condenação, quando mais glorioso será o ministério que  produz justiça!" Ele ainda diz que, comparado com o ministério do Espírito Santo, o que era antes glorioso, já não tem glória nenhuma, pois a glória do Espírito é insuperável! "Portanto, visto que temos tal esperança, mostramos muita confiança."
Não podemos viver inseguros com relação ao ministério de anunciar o evangelho da graça, pois essa glória é insuperável! É um grande privilégio! Afinal, "visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos."

Seja o que for que esteja tentando te desanimar em fazer a obra de Cristo não é tão grande quanto essa glória insuperável! Se o que Moisés viveu, que era apenas passageiro, já foi tão glorioso; quanto mais o ministério do Espírito Santo!

Apegue-se a este ministério. Certifique-se dia a dia de estar "renunciando aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usando de engano nem torcendo a palavra de Deus"  e viva confiando nas promessas do Senhor. Que o Senhor te fortaleça para Sua obra e te capacite para ser ministro de uma nova aliança.

Medite nessa palavra e tenha um ótimo dia na graça de Cristo.

Rebeca Oliveira

30 janeiro 2012

Devocional - João 6.33-35

A paz do Senhor a todos os amados irmãos em Cristo!

Nessa segunda feira vamos meditar na palavra do Senhor que está em Mateus 6.33-35:




"Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. Disseram-lhe, pois: Senhor, dá-nos sempre desse pão. E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede."

Você conhece a história do pelicano? O pelicano é uma ave conhecida pelo seu bico grande em forma de bolsa, onde carrega peixes para alimentar seus filhotes. Quando os filhotes ainda são pequenos, o pelicano enche o bico de peixes e leva até o ninho, abre seu bico e deixa que os filhotes comam até se fartarem. Porém, acontece de algumas vezes, o pelicano não conseguir encontrar peixes suficientes para seus filhotes e sua maior preocupação é alimentá-los. Preocupado com o que os filhotes irão comer, sem poderem sair para procurar seu próprio alimento, o pelicano voa até o ninho e rasga o seu próprio peito e os filhotes comem a carne do pai, sem perceber que ele está dando a sua vida para que eles não morram. 
Essa lenda foi criada depois de observarem a forma que o pelicano se sacrifica para alimentar seu filhotes.

Nesses versículos de Mateus Jesus disse à multidão: "Eu sou o pão da vida! O pão de Deus é aquele que desce do céu e dá a vida ao mundo!"
Jesus entregou sua vida por nós. Ele entregou o seu corpo para que nós não morrêssemos. Fez de tudo para nos dar vida! Mas o povo não entendia isso. Se formos ler os versículos anteriores, veremos que todos estavam seguindo Jesus por causa dos milagres que ele fazia. Eles não queriam o Pão da vida, queriam as migalhas! Jesus estava declarando para todos ouvirem: "Eu dou a minha vida por vocês! Vocês não terão mais fome de Deus. Não terão mais que viver preocupados com a salvação. Não precisa se preocupar com seu futuro. Com o que comer, o que vestir. Eu dou a minha vida por você. Venha e coma do pão da vida!" e eles continuavam sem entender, comendo as migalhas.

Jesus deu a sua vida para que você pudesse viver.

"Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la." João 10.17-18

Você pode dizer: "Mas por que Jesus teve que dar sua vida por mim?"
Sem Jesus não há vida. Sem Jesus não há salvação.
Algumas pessoas podem pensar que são salvas porque se esforçam, fazem boas ações, buscam a Deus. 
Mas a verdade é que a única razão da nossa salvação é Jesus. Se Cristo não tivesse entregado sua vida, nós não teríamos nem chance de conhecer a Deus. 
Você pode perceber que o povo não queria andar com Cristo, eles queriam ver apenas os milagres, queriam apenas ser alimentados... e só. Ninguém queria andar com o mestre. E nós também não queremos. O mundo não quer Jesus.

Mas Ele nos quer! Graças a Deus por isso!
Ele quis você, ele entregou a sua vida para que você pudesse viver.
E hoje se existe algum desejo em nosso coração para buscar a Deus é porque Cristo nos deu vida, colocou desejo em nosso coração. Ele nos levou de volta para Deus.

"Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça dois salvos)." Efésios 2.5

Jesus está rasgando o seu peito para te fazer viver! Ele morreu para que você não precisasse morrer. Ele te deu vida quando você estava morto espiritualmente e te levou para perto de Deus. Agora você pode se achegar a Deus, sem se preocupar porque os seus pecados já foram pagos pelo precioso sangue de Jesus Cristo no calvário!

Não despreze o que Cristo fez por você!

Você que já conhece a Jesus, agradeça a Deus hoje, pela vida abundante que ele te deu, junto ao Pai.

E você que não conhece a Cristo ainda, pare de viver como se não soubesse a respeito desse amor. Você já ouviu falar de Jesus, com certeza. Então hoje ouça a voz de Jesus te chamando para a vida! Pense a respeito disso e você vai perceber que o maior amor é o que Cristo tem por você.

"Ninguém tem maior amor do que este, de entregar a sua vida pelos seus amigos." João 15.13

Você pode até tentar fugir, mas não vai conseguir mudar isso: Jesus ama você!

Tenha um ótima segunda feira





Rebeca Oliveira

27 janeiro 2012

Devocional - Eclesiastes 10:1

Graça e paz amados em Cristo!

Você já teve a experiência de ver algo muito importante para você se perder por causa de um pequena coisinha? Como algo caro que tenha se esforçado para adquirir e por causa de um pequeno erro, tudo se perde. É o que diz o devocional de hoje. Leia comigo Eclesiastes 10.1:

"Assim como a mosca morta produz mau cheiro e estraga o perfume, também um pouco de insensatez pesa mais que a sabedoria e a honra."


Imagine um vidro de perfume caro, por exemplo, "Doce & Gabbana", que você economizou para comprar, e que se estraga completamente, gota por gota, por causa de um inseto tão pequeno morto dentro do frasco. Um desperdício! Não tem mais como usar. O perfume todo é jogado fora por causa de uma mísera mosca!

A bíblia diz que da mesma forma acontece com a sabedoria e a honra, quando contaminada por um pouco de insensatez. Outras versões dizem: "um pouco de estultícia". Essas duas palavras significam: Tolice.
É interessante como um pouco de tolice, assim como uma pequena mosca, estragam tudo. A sabedoria e a honra que se conquistou. E todos nós sabemos que a Sabedoria e a Honra são muito difíceis de serem conquistadas.

A sabedoria é conquistada com a experiência, relacionamento com Deus. Para ser conhecido como alguém sábio não é de um dia para outro. É necessário passar por muitas situações, tomar decisões certas, dizer as coisas certas, na hora certa. A honra, da mesma maneira, vem com o tempo. Para ser honrado por alguém é necessário ser conhecido, demonstrar confiança. Poucas pessoas conseguem chegar a esse estágio de honra. A maioria das pessoas reclamam por não serem reconhecidas pelo seu esforço.
E tudo isso pode ser desperdiçado, jogado fora por causa de um pouco de tolice. Uma decisão errada, uma palavra mal colocada.

É interessante que a mosca não se torna mais cheirosa por estar imergida no perfume. Embora ela seja menor e o frasco de perfume seja maior e esteja cheio, o que tem maior influencia é o pequeno sobre o grande. Pode ser o perfume mais caro, mais cheiroso, mais cobiçado; a mosca morta inutiliza todo o perfume.

Não deixe a tolice inutilizar o que você conquistou. Uma pequena mosca pode acabar com todo o seu perfume. Tome suas atitudes no Senhor. Não deixe que o pequeno tenha maior influencia sobre o grande em sua vida. No nosso dia a dia, todo tempo, milhares de coisas tentam nos tirar o foco, nos fazer desistir, perdeu tudo. Situações querem nos levar a brigar, discutir, ir embora, trair, enganar, mentir, julgar...
Não perca a cabeça, não fale sem pensar, não perca a paciência, não jogue tudo fora.

Pense nisso hoje, e escolha preservar seu perfume.

Rebeca Oliveira

26 janeiro 2012

Devocional - Provérbios 15.1

A paz do Senhor amados irmãos!

Mais um dia que o Senhor nos concede meditar na sua palavra, que nos traz direção e entendimento.
Ela é o remédio para nossa alma cansada e abatida. Muitas coisas que os homens não entendem, encontram solução na palavra de Deus. 
Por exemplo, no devocional de hoje o Senhor nos ensina uma forma de abençoar nossos relacionamentos. 
Algumas pessoas as vezes se perguntam: O que devo fazer para melhorar meu relacionamento com aquela pessoa? Como posso fazer para não discutir mais com meu esposo? Como acabo com as brigas entre eu e meus pais? Muitas vezes, na tentativa de mostrar que o outro está errado, brigamos, discutimos, elevamos a voz; mas o Senhor nos ensina o segredo de um bom relacionamento em provérbios 15.1:

"A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita ira."





Veja que conselho incomum. É como se o Senhor dissesse: "Quando alguém estiver furioso por algum motivo,  brigando, gritando, falando com raiva, a atitude que você deve ter é dar uma resposta calma, tranquila. Isso vai desviar toda raiva." Geralmente não é isso que fazemos no meio de uma discussão. Queremos sempre mostrar que estamos certos, falamos mais alto, batemos as coisas. Mesmo que você fique quieto, fecha a cara e muitas vezes estraga um relacionamento por causa da razão.

Mas na maioria das vezes os conselhos divinos fogem do nosso padrão. Enquanto nós pensamos: "Isso não vai ficar assim, eu tenho que mostrar que ele está errado", Jesus diz: "Responda com calma, com tom de voz normal, sem ironia, e isso desviará o furor."

Você pode pensar que isso é mais um conselho de um Deus que não sabe o que é perder a paciência; até porque, Ele é Deus! Para Ele é fácil! Mas, ao contrário do que muitos acham, provérbios não são apenas conselhos de um "senhor experiente", é a palavra de Deus, "divinamente inspirada, proveitosa para ensinar, repreender, corrigir, e instruir em justiça" (II Tm 3.16).

Então vamos encarar essa palavra como mais que apenas um conselho do Senhor. O servo de Deus não age conforme os padrões deste mundo: "O coração do justo medita no que há de responder, mas a boca dos ímpios jorra coisas más." Provérbios 15.28

Assim mostramos que somos servos de Deus. O que faz a diferença não é ter razão, é desviar o furor!
Devemos sempre nos lembrar que em todos os momentos, em todos os lugares, em todas as situações estamos representando o reino de Cristo.

"O homem se alegra em responder bem, e quão boa é apalavra dita a seu tempo!" Provérbios 15.23

Então se hoje sua esposa, seu marido, seu chefe, o cliente cheio de razão ou o motorista bravo com o trânsito agir ao seu lado com furor, lembre-se da solução que Cristo nos ensina: Engula a seco, respire fundo e dê uma resposta branda!

Tenha um ótimo dia!

Rebeca Oliveira


25 janeiro 2012

Devocional - Judas 1:3-4

Graça e Paz amados em Cristo!

Hoje iremos meditar em alguns versículos da epístola de Judas.
Leia comigo os versículos 3 e 4:





"Amados, procurando eu escrever-vos com toda diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo." Judas 1:3-4 

O objetivo inicial de Judas ao escrever esta epístola, foi falar a respeito de salvação, mas "teve por necessidade" EXORTAR a batalhar pela fé. Para entender o motivo dessa mudança referente ao assunto de sua carta, precisamos entender o versículo 4. O apóstolo teve necessidade de exortar os irmãos, porque haviam homens ímpios "convertendo em dissolução a graça de Deus". Outra linguagem traz esse trecho com outras palavras: "transformam a graça de nosso Deus em libertinagem". Você sabe qual é a diferença em Liberdade e Libertinagem? Cristo nos fez livres do poder do pecado, nos dando salvação através de sua graça. Isso é liberdade. Libertinagem é abusar da liberdade; não saber viver com ela. Usar de forma errada a liberdade em Cristo Jesus. Transformar a graça de Cristo em uma desculpa para não batalhar pela fé.

Essa semana tem sido mais difícil acordar mais cedo para orar e ler a palavra. Hoje o relógio despertou e nós voltamos a dormir, quando acordamos o tempo de estar ali com Deus já estava se esgotando e se nós levantássemos aquela hora parar orar íamos nos atrasar para o trabalho. Mesmo assim, pegamos a bíblia e lemos o texto de Judas, oramos e pedimos perdão ao Senhor. Mas antes de abrir a bíblia, meu esposo declarou um texto da palavra de Deus que diz: "Na verdade o espírito está pronto, mas a carne é fraca." Mt 26.41. Eu fiquei pensando muito nesse versículo e mais ainda no texto de Judas que estamos lendo hoje. 

Eu sei que Judas está falando de homens ímpios que convertem a graça de Deus, mas eu comecei a meditar nessa palavra para minha vida. Na verdade, nós muitas vezes deixamos a liberdade que temos em Cristo e esquecemos de batalhar pela fé. Embora sejamos livres e salvos pela graça de Cristo, ainda nos resta uma batalha. Batalha contra nós mesmos, contra nossa preguiça, contra nossos "pecadinhos diários". 

Mais adiante, nos versículos 20-21 diz assim: "Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa fé, orando no Espírito Santo, conservai-os a vós mesmo no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna."

Edifique-se na fé que O Senhor deu aos santos, conserve-se no amor de Deus, esperando pela eternidade com Cristo. E viva a liberdade com Cristo, batalhando pela sua fé.

Rebeca Oliveira

24 janeiro 2012

Devocional - II Cronicas 34:1-3

A paz do Senhor amados irmãos!

O texto do devocional de hoje o Senhor deu para o Gel (meu esposo) em sonho essa noite.
Vamos meditar em II Cronicas 34:1-3





"Tinha Josias oito anos quando começou a reinar, e trinta anos reinou em Jerusalém. E fez o que era reto aos olhos do Senhor; e andou nos caminhos de Davi, seu pai, sem de desviar deles nem para a direita nem para a esquerda. Porque no oitavo ano do seu reinado, sendo ainda moço, começou a buscar o Deus de Davi, seu pai; e no duodécimo ano começou a purificar a Judá e a Jerusalém, dos altos, e dos bosques, e das imagens de escultura e de fundição."

Veja que coisa interessante o Senhor nos diz nesse texto. Josias não era filho de Davi, literalmente. Seu pai se chamava Amom e seu avó foi Manassés. Tanto seu pai quanto seu avó foram ruins em seu reinado. Não foram reis que adoraram a Deus e conduziram Israel à idolatria. Levantaram outros deuses e instituíram adoração a poste ídolos. Fizeram o que era mau aos olhos do Senhor.

Mas Josias adorou ao Senhor e fez o que reto ao seus olhos, porque andou nos caminhos de Davi. Mas porque a bíblia diz que Josias andou nos cominhos de seu pai, Davi, se o seu pai era na verdade Amom? 
Primeiro porque a bíblia se refere à geração de Davi, Josias era seu descendente. Mas o que eu gostaria de chamar sua atenção é para atitude de Josias. Embora fosse filho de um rei mau aos olhos de Deus, ele não seguiu seu exemplo. Tomou, antes, o exemplo de Davi, como seu pai. Não se lembrou de Amom, nem de Manassés. Lembrou-se de Davi, que foi um verdadeiro adorador.

Algumas pessoas dão a desculpa para seus erros, dizendo que são conforme seus pais. "Ah, eu sou assim porque recebi essa educação dos meus pais. A culpa não é minha." "Eu sou da igreja `tal` porque meus pais sempre seguiram essa religião." "Eu recebi esse vício de herança. Meu pai fumava e bebia, eu sou assim por causa dele."

Muitas vezes usamos o mal exemplo dos nossos pais como desculpa para não seguir a Deus e não andar corretamente. Josias tinha um mau exemplo, mas procurou em sua linhagem um exemplo de alguém que tivesse seguido a Deus e andou em seus caminhos, sem se desviar nem para a direita nem para a esquerda.

Qual tem sido a sua desculpa?

Tome para si bons exemplos; não de acordo com o mundo, porque existem muitas pessoas "boas" que fazem "boas ações" no mundo hoje; mas tome exemplos cristãos, de acordo com a palavra e Deus, de pessoas que andam nos caminhos do Senhor e não se desvie deles. Se os seus pais, seus irmãos, seus parentes não são bons exemplos, eu tenho um bom exemplo para você seguir: Jesus! "Sede meus imitadores, como eu também de Cristo" I Co 11.1.
E um dia vão dizer a seu respeito: Maria fez o que era reto aos olhos do Senhor, assim como Jesus Cristo, sem se desviar nem para direita nem para esquerda...

Tenha uma ótima terça feira, imitando Jesus!

Rebeca Oliveira



23 janeiro 2012

Moldadospor Deus

Hoje começa no Ministério Bíblico Kairós uma semana de 7 mensagens com o tema: "Moldados por Deus!"
Todos os dias dessa última semana de janeiro, vamos ouvir mensagens do Senhor para nós. Ele quer nos moldar, nos fazer conforme o seu Filho Jesus Cristo, assim como o oleiro faz com o barro um vaso, também Deus faz com aqueles que sãos Seus.

De segunda a sexta, à partir das 20:00 horas
Sábado e Domingo, à partir das 19:00 horas

Rua Roberto Bianchi, 133, Pq Suzano - Suzano SP

Não perca!


Devocional - João 9:25

A paz do Senhor a todos os irmãos em Cristo.
Tem sido bom ver os comentários dos irmãos aqui e no facebook e ver que Deus sempre fala através da sua palavra. Isso nos encoraja a evangelizar, falar do amor de Cristo cada dia mais, porque é a palavra de Deus que transforma vidas, sua palavra é eficaz.





Hoje iremos meditar em apenas em um versículo, mas que é muito interessante. Está em João 9.25:

"Respondeu ele pois e disse: Se é pecador, não sei, uma coisa sei, eu era cego e agora vejo."

Jesus havia curado um cego de nascença. Colocou lodo em seus olhos e o mandou ir lavar-se no tanque de Siloé. Apenas isso. O homem lavou-se, foi curado e foi embora. Os vizinhos e os fariseus ficaram sabendo do milagre que Jesus operara no cego e foram interrogá-lo a respeito do que havia acontecido. Eles queriam acusar Jesus por ter realizado um milagre no sábado, mas o homem que havia sido curado não sabia nada sobre Jesus, apenas recebeu o seu milagre e foi embora.

"Ele respondeu e disse: O homem, chamado Jesus, fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: Vai ao tanque de Siloé, e lava-te. Então eu fui, e lavei-me, e vi. Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei." João 9:11-12


O que era importante para aquele homem é que fosse curado. Não interessava para ele quem era Jesus.

E quantas vezes hoje nós vemos pessoas interessadas em uma cura, um milagre apenas, mas não estão interessadas em Jesus. As pessoas dizem: "Se o pastor rouba ou não, eu não sei, o que sei é que eu preciso da minha cura"; "Se ensina a palavra de Deus ou não, eu não sei, o que sei é que o meu casamento foi restaurado"; "Se prega só prosperidade ou não, eu não sei, o que sei é que eu recebi um emprego"

Você pode ver que os interesses do povo hoje e na época de Jesus são os mesmos. Milagre não salva ninguém. E daí? O que importa é que eu recebi o milagre... de Jesus não quero saber!

Ainda existem pessoas que até vão à igreja e ouvem a palavra, mas são apenas religiosos; assim como os pais do cego. Os versículos 18-22 dizem assim:

"Os judeus, porém, não creram que ele tivesse sido cego, e que agora visse, enquanto não chamaram os pais do que agora via. E perguntaram-lhes, dizendo: É este o vosso filho, que vós dizeis ter nascido cego? Como, pois, vê agora? Seus pais lhes responderam, e disseram: Sabemos que este é nosso filho, e que nasceu cego; mas como agora vê não sabemos; ou quem tenha aberto os olhos, não sabemos. Tem idade, perguntai-lho a ele mesmo; e ele falará por si mesmo. Seus pais disseram isto, porque temiam os judeus. Porquanto já os judeus tinham resolvido que, se alguém confessasse ser ele o Cristo, fosse expulso da sinagoga."

Os pais seguiam a leia e os profetas. Estavam constantemente na sinagoga (que era a reunião no templo onde os judeus discutiam as escrituras), mas não estavam interessados em seguir Jesus. Poderiam ter  seguido a Cristo pelo simples fato de ter curado seu filho. Poderiam defender Àquele que havia trazido a vista ao seu filho, mas preferiam continuar na religião, temendo os fariseus!

Qual é o seu interesse com Jesus?

Qual é o interesse das pessoas que estão à sua volta?

Ouço muitas pessoas dizer a respeito dessas igrejas onde há cura e milagres todos os dias: "Eu não sei se ele é de Deus ou não, o que eu sei é que ele pode me curar" 

Talvez você saiba que Jesus pode fazer mais do que isso, mas e o seu vizinho, sabe disso? Seus pais sabem disso? Seus amigos, colegas de trabalho?

Anuncie a palavra de Deus a todos! Anuncie a verdade!
Não anuncie os milagres, as curas, as bençãos que Jesus pode dar. Anuncie Cristo!

E você que ainda não se decidiu a respeito de Cristo, saiba que ele pode te dar mais do que um milagre. Isso são apenas as migalhas. Venha comer o pão da vida!

Rebeca Oliveira



20 janeiro 2012

A verdade sobre compatibilidade conjugal

A paz do Senhor amados!
Estava dando uma olhadinha no site da editora fiel (pois sempre encontro bons materiais por lá) e encontrei um texto que achei interessante compartilhar com os irmãos aqui no blog. Serve tanto para casados como para os solteiros.

Espero que seja edificante para sua vida.

Deus abençoe.

Rebeca Oliveira



A Verdade Sobre a Compatibilidade Conjugal


Phil Smidt

No que se refere à compatibilidade, eu e minha esposa somos muito diferentes.
Quando meu filho mais velho estava com três anos de idade, fui passear de carro com ele pela cidade. Um semáforo levou-o a me perguntar o que significava a luz amarela. "Filho", comecei a responder com minha sábia voz paternal, "uma luz amarela significa que precisamos ter cautela".
Sua mente inquisitiva queria testar essa teoria; por isso, fez a mesma pergunta à minha esposa no dia seguinte.  "Filho", ela lhe informou, enquanto agitava suas mãos enfaticamente, "uma luz amarela significa ANDE DEPRESSA!"
Minha esposa precisava ir a muitos lugares. Tinha pressa. Mas eu gostava de andar devagar e desfrutar do cenário.

O que é compatibilidade?
O dicionário define compatibilidade como "a capacidade de viver junto em harmonia". Nossa cultura valoriza muito a compatibilidade no casamento, mas acredita-se que é preciso achar a pessoa certa para se conseguir isso. Se você encontrar "aquela pessoa", haverá harmonia. No entanto, a Bíblia ensina que casamentos harmoniosos não são algo natural. Desde a Queda, relatada em Gênesis 3, o pecado nos tornou incompatíveis, porque os relacionamentos se tornaram naturalmente prejudicados e fraturados. Mas o evangelho nos dá esperança de vivermos em harmonia com os outros, quando Jesus reconstrói os relacionamentos. Focalizamos as outras pessoas em vez de focalizarmos a nós mesmos (Rm 15.5).

Compatibilidade bíblica
Então, o que a Bíblia diz especificamente sobre achar um cônjuge compatível? Um cristão verdadeiro deve casar-se com outro cristão verdadeiro (2 Co 6.14, 1 Co 7.39). Este é o ensino bíblico, porém significa muito mais.
Em vez de procurar uma pessoa compatível, os cristãos são instruídos a casarem-se com outro cristão e se tornarem cônjuges compatíveis. A transformação exige a graça e o poder de Jesus – boas novas para aqueles que procuram se casar ou já estão casados, pois Deus não deixa as mudanças por conta de nossos próprios esforços.

Perguntas que os solteiros devem fazer quando procuram um cônjuge biblicamente compatível:

1 - Como saber se ele ou ela se submete, de boa vontade, à autoridade de Deus?
Moças, se o rapaz não se submete à autoridade de Deus, ele é um homem perigoso. Rapazes, se a moça não se submete a uma autoridade piedosa agora (a um homem que, a propósito, não é você), ela é o tipo de mulher que Provérbios os adverte a evitar.

2 - Como saber se ele ou ela é submisso aos ensinos?
Se alguém gosta de discutir, está mais preocupado em ter razão do que em ser justo. Quando você pensa que venceu a discussão no casamento, na realidade perdeu. O casamento é amadurecimento manso, em que os cônjuges reconhecem que têm muito a aprender pelo resto da vida.

3 – Ele ou ela é conhecido e envolvido na comunidade cristã?
É fácil usar uma máscara quando nos sentimos atraídos por alguém e motivados por casamento. Se a pessoa não é conhecida na comunidade, você não a conhece. Outros precisam dar testemunho quanto ao seu caráter, integridade e fé.

4 - Como ele ou ela fala dos outros?
Se a pessoa é crítica, exigente ou petulante em suas atitudes e palavras, continuará assim no casamento. Logo, você se tornará o alvo da ira e do orgulho dela.

5 - Como ele ou ela reage quando confrontado com o pecado?
Quando alguém tenta esconder, disfarçar, acusar, desculpar ou racionalizar seu pecado, ele tem uma visão distorcida do evangelho. Por causa de Jesus, podemos confessar os pecados (1 João 1.0), arrepender-nos (Rm 2.4), andar na luz (Ef 5.8-9) e reconciliar-nos com Deus (2 Co 5.17-21).

Perguntas para os casados que desejam se tornar biblicamente mais compatíveis:

1 - O que você percebe, com frequência, que está certo ou errado em seu casamento?
Se você é cristão, há muita coisa certa com você, porque Jesus o salvou da ira de Deus e você lhe pertence. Você possui todos os recursos em Cristo à sua disposição (2 Pe 1.3). Como filho redimido de Deus, o perdão e a graça podem fluir livremente de seu coração, deixando que você seja proveitoso às fraquezas do seu cônjuge. Você vive dessa maneira?

2 – Quando foi a última vez que você fez alguma coisa intencional para o seu cônjuge?
A bondade e a consideração fortalecem o casamento. Todavia, muitos casais acham que podem falar com aspereza, desdém ou falta de perdão. "Para melhor ou para pior" não é permissão para pecar. Você precisará de fé e humildade para reagir com graça quando estiver irado, magoado ou for mal interpretado.

3 - Você crê que Deus sabia o que estava fazendo quando o fez casar-se com seu cônjuge?
Quando o casamento está difícil, você pode ser tentado a pensar que cometeu um engano e esquece que o casamento nos molda, com frequência, de maneiras dolorosas. Volte no tempo e lembre o que aprecia e admira no outro. É possível que essas qualidades ainda estejam presentes, mas você permitiu que o pecado e o egoísmo entrassem sorrateiramente e obstruíssem sua visão.

4 - É preciso que você se arrependa da insatisfação e das queixas no seu casamento.
É preciso haver uma intervenção sobrenatural do Espírito Santo para que sejamos gratos. Nossa tendência é comparar e queixar. A gratidão é um estilo de vida ordenado pelas Escrituras (Cl 3.15-17), e não uma simples sugestão para os feriados de verão. Pelo que você se sente grato? O que você gosta no seu cônjuge?

5 - Você e seu cônjuge oram juntos? Vocês oram um pelo outro?
É difícil ficar com o coração endurecido e amargurado com uma pessoa por quem você ora frequentemente. Deus fará uma grande obra no seu casamento enquanto você estiver orando. A oração mostra que necessitamos de Deus e é um ato de adoração.

Traduzido por: Yolanda Mirdsa Krievin
Copyright © Resurgence 2011
Copyright © Editora Fiel 2011

Devocional - Tiago 3.1-13

A paz do Senhor!

Você já mordeu a língua hoje?
Não? É ruim né?!
Acho que depois do devocional de hoje você querer denotar a sua língua.




Vamos refletir sobre Tiago capítulo 3:

"Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo. Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo. Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo. Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa. Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grande coisas. Vede quão grande bosques um pequeno fogo incendeia. A língua é um fogo; como mundo de iniquidade, a língua está posta entre os membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflama pelo inferno. Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana; mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peconha mortal. Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus. De uma mesma boca procede bençãos e maldição. Meus irmãos, não convém que isso se faça assim. Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce. Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria." Tiago 3.1-13

Quão terrível é a nossa língua! A língua é um fogo que incendeia grandes bosques! O homem que conseguir dominar sua língua é chamado de perfeito e poderoso pelo apóstolo Tiago. 
Mas eu fiquei pensando hoje quando estava no caminho para o trabalho, meditando nesse texto. Não seria a mente pior do que a língua? Pois muitas coisas pensamos ainda piores do que aquilo que falamos. Antes de falar, pensamos coisas terríveis, e muitas vezes, tão terríveis que não temos coragem de dizer. Então o Senhor falou ao meu coração; a língua é pior, "está cheia de peçonha mortal", exatamente porque ela não consegue ser freada. Por mais que hajam em nossa mente pensamentos terríveis, podemos freá-los. E enquanto os pensamentos ainda estão apenas em nossa mente, o Espírito Santo pode mudar, converte-los para o que a Sua palavra nos ensina em verdade. Ainda podemos ser tratados por Deus. Mas o grande problema da língua é que ela não precisa da mente. Muitas vezes falamos sem ao menos pensar. Ela é independente dos pensamentos, descontrolada. Por isso Tiago fala verdadeiramente que o homem pode domar os cavalos e animais mais ferozes, mas a sua própria língua nenhum homem consegue domar.
Nossa língua nos envergonha. A mesma língua que exalta e louva a Deus é a língua que humilha os homens, julga, condena e mata com palavras.

É por isso que o apóstolo Tiago termina dando um grande conselho; se quiser ser sábio, mostre nos seus bons tratos! Quer parecer sábio diante dos homens? Morda a sua língua! Acorrente-a, junto com seus pensamentos ao Espírito Santo.
"Mostre pelo seis bom trato as obras em mansidão e sabedoria". É o contrário do descontrole da língua. É mostrar calma e domínio. 

Fiquem com a paz do nosso Senhor e, quando for necessário, morda a língua algumas vezes no decorrer do seu dia...

Rebeca Oliveira




19 janeiro 2012

Devocional - I Pedro 1.13-20

"Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo; como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação, sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, o qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nesses últimos tempos por amor de vós." I Pedro 1.13-20

A paz do Senhor amados irmãos!

Hoje o devocional está em I Pedro 1.13-20, conforme acima.

Vamos meditar juntos nesse texto?

"cingindo os lombos do vosso entendimento... esperai INTEIRAMENTE na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo". Nossa esperança deve estar inteiramente na graça de Cristo Jesus. Devemos cingir nossa mente com essa esperança. Ocupar nossa mente com a esperança da glória!

"... como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; mas como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver." Já meditamos há um tempo sobre romanos 12, que nos adverte a não sermos conforme este mundo. Mas o apóstolo Pedro nos adverte ainda a não andarmos mais conforme o pecado que havia em nosso coração antes de haver Cristo nos chamado. 

Certa vez nosso pastor pregou a respeito de "pecados de estimação". Sabe aquele pecadinho que ninguém meche? Aquele que você não aceita que ninguém toque. Algumas vezes deixamos que alguns costumes do tempo em que estávamos no mundo ainda permaneçam em nossas vidas. O costume de mentir. Costume de enganar. Pequenos vícios da alma. Aquele que nos chamou é santo. E ele nos chamou à santidade. Sede santos, como o vosso pai que está nos céus é santo! Um dos processos da salvação é a santificação. Todos os dias temos que nos tornar mais santos. Mais parecidos com o nosso Senhor.

"E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação." Andar em temor durante o tempo da peregrinação. Precisamos entender que somos peregrinos nessa terra. O Senhor nos chamou à santidade porque nós não somos daqui. "Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperando o Salvador, o Senhor Jesus Cristo." Filipenses 3.20. Quando entendermos isso, iremos em santidade mais facilmente. O pecado já não nos atrai tanto quando pensamos que os muitos anos que vivemos aqui são apenas um sopro, comparados à eternidade com Cristo. "Pela fé (Abraão) habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus." Hebreus 11.9-10.

"sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, o qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nesses últimos tempos por amor de vós." Não foi por coisas corruptíveis! Mas pelo sangue de Cristo, que é mais, muito mais valioso do que a prata ou ouro. Veja como o apóstolo Pedro exaltou o sangue de Cristo, a ponto de dizer que o ouro e a parta não são nada, são apenas coisas corruptíveis.

Assim como o sangue de Cristo, a promessa e o chamado de Deus Pai não se corrompem. São eternos e verdadeiros. Temos a certeza de que iremos viver com ele eternamente, porque a sua palavra não passa!


Esse plano já existia antes da fundação do mundo. Cristo já havia selado essa promessa antes que qualquer um de nós houvesse nascido, mas foi manifestado nos últimos tempos por amor a nós. Que amor tão grande!

Glórias a Deus por essa certeza, essa verdade!

"Faça-nos santos assim com Tu és Pai e viveremos como peregrinos nesse mundo, aguardando a eternidade contigo!"

Um ótimo dia na paz do Senhor a todos!

Rebeca Oliveira



18 janeiro 2012

Devocional - II Timóteo 3.16-17




A paz do Senhor a todos!

Mais um dia que o Senhor nos concede meditar e aprender na Sua palavra.
O devocional de hoje está em um texto lindo, apenas dois versículos que irão edificar nossas vidas hoje.
Medite comigo no texto de II Timóteo 3.16-17:

"Toda escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda boa obra."

Quão maravilhosa é a palavra de Deus para nossas vidas!

Primeiramente, toda escritura é divinamente inspirada. Mesmo que tenha sido escrita por mais de 40 escritores, a bíblia é inspirada por Deus, de forma que todos os livros de encaixam. Não existe falha nem controvérsias na palavra do Senhor. Mesmo que alguns dos escritores nunca tenham se conhecido, e muitos tenham vivido em tempos muito diferentes uns dos outros, O Autor da bíblia é Deus!
Se você tomar a atitude de ler a palavra de Deus todos os dias, assim como estamos fazendo em forma de devocional, todos os dias Deus irá falar com você, seja qual for o texto que você ler, porque a bíblia não foi inspirada por homens, mas é a palavra viva de Deus! Ela é suficiente para tudo que precisamos.
É suficiente para ensinar. Suficiente para repreender. Suficiente para corrigir e instruir em justiça.

Qual a orientação que você precisa para sua vida hoje?
Qual a direção que você gostaria receber para seus caminhos?
As respostas que você gostaria de ter.
Tudo que você precisa, você pode encontrar na palavra de Deus.

O mundo procura estudar, se especializar em todas as áreas. Se preparar para o futuro. Procura se corrigir, se orientar. Mas o homem de Deus é perfeitamente instruído para toda boa obra através da divina palavra que vem do Senhor!

Seja o que for que você esteja precisando hoje, você pode encontrar na palavra de Deus.
E lembre-se, que o que a pessoa do seu lado precisa, ela pode também encontrar no Senhor.
Fale da palavra de Deus para alguém, e isso será suficiente para sua vida.

Tenha um dia abençoado na presença do nosso Deus!

Rebeca Oliveira

17 janeiro 2012

Devocional - Mateus 22.34-40

A paz do Senhor Jesus!

Hoje iremos meditar em alguns versículos de Mateus 22:

"E os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar. E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas." Mateus 22.34-40

Jesus estava o tempo todo rodeado de hipócritas, hereges, os fariseus e saduceus, que estavam sempre procurando algo para acusá-lo. A bíblia diz que Jesus em tudo foi tentado, mas sem pecado. (Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se de nossas fraquezas, porém um que, como nós, em tudo foi tentando, porém sem pecado. Hb 4.15). Até isso Jesus passou para nos dar exemplo, e para que pudesse entender e se compadecer de nós!

Mas o que me chama atenção é a resposta de Jesus, que é conhecida por todos nós. Os dois maiores mandamentos. O primeiro: amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma e de todo o teu pensamento. Amar a Deus é amá-lo em tudo o que fazemos. O Senhor nos quer por inteiro. corpo (coração), alma e espírito (pensamento). Como eu demonstro que amo a Deus? Quando o meu corpo, minha forma de me vestir, minha forma de andar demonstram isso. Quando os meus sentimentos, meu relacionamento com as pessoas a minha volta, meu relacionamento com Deus demonstram isso. Quando os meus pensamentos, minha forma de pensar e entender demonstram isso. E assim também eu demonstro meu amor por Deus com o segundo mandamento: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Se consigo abrir mão de estar certo, de ter razão, para poder me relacionar com o próximo. Se eu consigo me preocupar com alguém como me preocupo comigo mesmo. O apóstolo Paulo diz em Filipenses 2.3: ... considere o outro maior do que a si mesmo.
Isso é maravilho. Quando conseguimos viver um pouquinho desse amor, tudo muda em nossa mente e nossa vida.

Deixe o Senhor ministrar no seu coração através desses versículos e medite em como isso pode mudar a forma a sua vida no dia a dia.
E que Deus te abençoe!

Rebeca de Oliveira

16 janeiro 2012

Casamento Rafael & Cássia


Neste  sábado, dia 14/01/2011 foi celebrado o casamento dos nossos irmãos Rafael e Cássia.
A cerimônia foi celebrada pelo nosso pastor Edson Prado, juntamente com o pai e a mãe da noiva, que também são pastores, o pastor José Aparecido e a pastora Edna.
Queremos parabenizar o casal e declarar as bençãos do Senhor sobre suas vidas!
Que o amor de Deus esteja sempre sobre vocês, fortalecendo a sua união e amor um pelo outro!
São os votos de toda a igreja Ministério Bíblico Kairós!


Devocional


Bom dia amados irmãos!

A partir de hoje, todos os dias iremos postar um devocional aqui no blog. Gostaríamos que todos participassem. E se você já conhece nosso blog, indique para outras pessoas. Assim todos irão poder participar e compartilhar da palavra de Deus sendo edificados dia a dia com o poder de Cristo.

Antes de passar o devocional, gostaria de enfatizar a importância de meditar na palavra de Deus todos os dias.

Eu tenho feito isso todas as manhãs com meu esposo e Deus tem nos fortalecido muito através da palavra. Esse hábito muda as vidas e transforma seu modo de pensar e agir. O salmista nos ensina no salmo 1 a meditar na palavra do Senhor dia e noite. E o apóstolo Paulo diz que seremos transformados quando nossa mente for renovada. Essa renovação vem através da palavra de Deus. Se você quer ver sua vida transformada no ano de 2012, leia a palavra de Deus. Renove sua mente!

Hoje vamos dividir o devocional em 2 partes. A primeira está em Hebreus 5.7-10:

“O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia. Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem; Chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.”

Gostaria de convidá-lo a meditar na obediência de Cristo. Apesar de ser O Filho de Deus, obedeceu mesmo que através do sofrimento. Ele se tornou nosso exemplo, sendo obediente até a morte. O discípulo é semelhante ao seu senhor. Cristo é nosso Senhor e exemplo de obediência. Temos que ser assim como nosso mestre. E ao mesmo tempo, perceba hoje que você também é exemplo para as pessoas à sua volta. Seus filhos, esposa, amigos, colegas de trabalho olham para você e seguem o seu exemplo.

Medite nisso.

A segunda parte do devocional está nos versículos seguintes, Hebreus 5.11-14:

“Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.”

Quando medito nesse texto vejo que Deus quer mais de mim. Já deveria “ser mestre”. Nós estamos dando desculpas o tempo todo! Será que você e eu não temos sido “tardios em ouvir”? Será que não estamos ainda nos alimentando com leite?

Veja também que interessante como termina esse texto: “têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem quanto o mal”. O que te lembra essa frase? Eu me lembro de Adão e Eva que comeram do fruto proibido por Deus, com a promessa de poderem discernir o bem e o mal. Mas a palavra de Deus nos ensina, que através da obediência de filho, igual a Cristo, e o alimento sólido, que é a palavra de Deus, nós estaremos aptos a discernir o bem e o mal!

Medite nisso.

Tenha uma semana abençoada na paz do Senhor

Rebeca de Oliveira

11 janeiro 2012

E-book - Tempo de recomeçar(Pr. Márcio Valadão)

Leia este E-book, é muito bom e tenho certeza de que vai edificar a sua vida!
http://www.lagoinha.com/lagoinha-wp-site/wp-content/uploads/lagoinha/images/stories/img/pub/ebooks/pr_marcio/ebook_194.pdf


Devocional - Salmo 115


Davi era tão sincero com Deus. A sua adoração não era fingida, ou para que as pessoas vissem que Ele amava a Deus, mas ele era sempre verdadeiro nas suas palavras. Essa é a primeira coisa que nos chama atenção: Verdade na adoração!
Davi não "se acostumou" com a presença de Deus. Ele não fazia da glória de Deus algo comum, mas ele realmente amava a Deus. Então, em segundo lugar, não podemos nos "acostumar" com Deus. Fazer da sua presença, sua palavra, sua revelação algo comum ou normal. A presença de Deus é sobrenatural e quando amamos a Sua presença, sempre conseguimos ver o amor de Deus como algo lindo, maravilhoso e conseguimos adorar a Ele com toda intensidade, assim como Davi.

Outra coisa importante nesse texto é o que diz nos versículos de 04 a 09. Aqueles que adoram outros deuses, se tornam semelhantes a eles: não têm vida alguma! Mas nós confiamos no Deus vivo! Somos semelhantes a Ele. Temos vida e essa vida é para a glória de Deus. "Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio. Mas nós bendiremos ao SENHOR, desde agora e para sempre."

"Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade.
Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus?
Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.
Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam.
Israel, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
Casa de Arão, confia no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio e o seu escudo.
O SENHOR se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.
Abençoará os que temem ao SENHOR, tanto pequenos como grandes.
O SENHOR vos aumentará cada vez mais, a vós e a vossos filhos.
Sois benditos do SENHOR, que fez os céus e a terra.
Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.
Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio.
Mas nós bendiremos ao SENHOR, desde agora e para sempre. Louvai ao SENHOR"

Salmo 115

Rebeca Oliveira

Versículo do dia - 11/jan 2012

11/jan - Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.(Filipenses 2:13)

05 janeiro 2012

Moldados por Deus - de 23 á 29 de janeiro


A parábola da indecisão


Havia um grande muro separando dois grandes grupos.
De um lado do muro estavam Deus, os anjos e os servos leais de Deus.
Do outro lado do muro estavam Satanás, seus demônios e todos os humanos que não servem a Deus.
E em cima do muro havia um jovem indeciso, que havia sido criado num lar cristão, mas que agora estava em dúvida se continuaria servindo a Deus ou se deveria aproveitar um pouco os prazeres do mundo.
O jovem indeciso observou que o grupo do lado de Deus chamava e gritava sem parar para ele:
Ei, desce do muro agora... Vem pra cá!
Já o grupo de Satanás não gritava e nem dizia nada. Essa situação continuou por um tempo, até que o jovem indeciso resolveu perguntar a Satanás:
O grupo do lado de Deus fica o tempo todo me chamando para descer e ficar do lado deles. Por que você e seu grupo não me chamam e nem dizem nada para me convencer a descer para o lado de vocês?
Grande foi a surpresa do jovem quando Satanás respondeu:
É porque o muro é MEU.


Nunca se esqueça: Não existe meio termo. O muro já tem dono.

O jumentinho de Jesus


Um jumentinho voltando para sua casa todo contente, fala para sua mãe:
- Fui a uma cidade e quando lá cheguei fui aplaudido, a multidão gritava alegre, estendia seus mantos pelo chão... Todos estavam contentes com minha presença. Sua mãe questionou se ele estava só e o burrinho disse: -Não, estava levando um homem com o nome de Jesus.
Então sua mãe falou:
-Filho, volte a essa cidade, mas agora sozinho.
Então o burrinho respondeu:
- Quando eu tiver uma oportunidade, voltarei lá...
Quando retornou a essa cidade sozinho, todos que passavam por ele fizeram o inverso, maltratavam, xingavam e até mesmo batiam nele.
Voltando para sua casa, disse para sua mãe:
- Estou triste, pois nada aconteceu comigo. Nem palmas, nem mantos, nem honra... Só apanhei, fui xingado e maltratado. Eles não me reconheceram, mamãe...
Indignado o burrinho disse a sua mãe:
- Porque isso aconteceu comigo?
Sua mãe respondeu:
- Meu filho querido, você sem JESUS é só um jumento ...

LEMBRE-SE SEMPRE DISSO!

Versículo do dia 05/janeiro

05/jan 2012 -Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras.(Salmos 73.28)

04 janeiro 2012

Desert song - Brooke Fraser

Leia a letra desta música, é como uma oração, e nos mostra como devemos permanecer fortes e gratos a Deus, mesmo na tribulação.

Desert song (Canção do deserto)- Brooke Fraser


Esse é o meu clamor no deserto
quando tudo em mim está seco
esse é o meu louvor na minha fome e necessidade
o meu Deus é o Deus que provê

Esse é o meu clamor no fogo
na fraqueza, no julgamento ou na dor
Há uma fé que prova
algo mais valioso que o ouro
E que irá me provar através das chamas

Eu te darei louvor
eu te darei louvor
nenhuma arma forjada contra mim irá permanecer
eu vou me regozijar
e vou declarar
que Deus é a minha vitória e ele está aqui!

Esse é o meu clamor na batalha
quando o triunfo ainda estiver a caminho
eu sou um conquistador e co-herdeiro com Cristo
então, firme na sua promessa eu permanecerei

Durante toda a minha vida
em todas as épocas
Você foi o Deus
eu tenho uma razão pra cantar
eu tenho uma razão pra louvar

Esse é o meu clamor na colheita
quando a providência é favorável
eu sei que eu fui cheio para me esvaziar novamente
a semente que eu recebi, irei disseminar.

Versículo do dia - 04/janeiro

04/jan 2012 - Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e coerdeiros com Cristo; se com Ele sofremos, também com Ele seremos glorificados.(Romanos 8.17)

03 janeiro 2012

03/jan 2012 - Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.(Mateus 6.33)

Moldados por Deus - Não perca!


Vamos começar em Janeiro uma semana de pregações com o tema "Moldados por Deus". Começará dia 23(segunda-feira) e terminará dia 29(Domingo). Você não pode perder!!!

Fake News

Nós Não divulgamos a mentira, nós divulgamos a verdade As noticias falsas embora estejam no foco dos comentários dos nossos d...