24 janeiro 2013

Perder para achar

"E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará. Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" Marcos 8:34-36



Só há uma maneira de ganhar a vida, perdendo-a. Não existem rotas alternativas, atalhos, opções; é preciso tomar a sua cruz. Cruz simboliza morte, e a morte que Jesus quis mostrar é a renuncia, é o "negar-se a si mesmo". Mas afinal, o significa negar a si mesmo e tomar a sua cruz? Estas duas expressões estão diretamente ligadas na bíblia, é impossível fazer um sem fazer o outro, é impossível negar a si mesmo sem levar a sua cruz ou levar a sua cruz sem negar-se.

Mas na prática o que significa negar-se ou tomar a sua cruz? Certamente não é algo simples e fácil, porque se a cruz representa morte, logo tomar a própria cruz não é algo menos do que radical. Por radical você pode pensar que é algo como pregar para índios, doar os seus bens etc, mas não há nada mais radical do que o amor. O amor é essencialmente Deus, porque Deus é amor, ou seja, a natureza do amor é oposta, contrária a nossa natureza pecaminosa. Precisamos aprender a cada dia a mortificar a nossa natureza má, crucificá-la, para seguir a Jesus, que é o próprio amor!

Acontece que essa é uma mortificação diária, ocorre todos os dias, através do "negue-se". Isso significa dar preferência aos outros, deixar de lado o próprio ego e o próprio conforto, buscar a vontade de Deus ao invés da própria, a glória e reconhecimento a Deus somente, calar-se quando a palavra dura ou inadequada vier a boca, controlar a raiva, perdoar, pedir perdão, engolir o orgulho... 

Não, não vai ser fácil, pois trata-se de matar a nossa natureza, o nosso querer. Mas todas estas coisas que teremos que renunciar nos fazem ganhar o mundo, mas não a Deus. O próprio Jesus diz que de nada vale ganhar o mundo e perder a própria alma. Não se apresse, este é um exercício, no qual Deus vai nos dando graça e nós vamos aprendendo a nos negar, e consequentemente, levar a nossa cruz. 

Para Deus, o ato de levar a própria cruz é mais importante e valioso do que qualquer caridade, doação, voluntariado etc. Isso nos faz a cada dia nos tornarmos mais parecidos com Cristo e com a igreja pela qual Ele entregou a Sua vida. 

Perder a vida é a melhor forma de achá-la!

Deus te abençoe!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Posts relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...